Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

ELENCO CONSAGRADO

Trinta anos depois, 46% dos atores da Escolinha do Professor Raimundo morreram

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Retrato da "classe" dos anos 1990 de humoristas que atuaram na Escolinha do Professor Raimundo

Parte dos humoristas que fizeram sucesso na turma dos anos 1990 da Escolinha do Professor Raimundo

REDAÇÃO

Publicado em 4/8/2020 - 6h50

Há exatos 30 anos estreava como programa independente a Escolinha do Professor Raimundo, um dos humorísticos mais bem-sucedidos da história da TV brasileira. Hoje, no entanto, 46% dos profissionais que trabalharam no elenco fixo da produção já morreram. Comediantes consagrados como Rogério Cardoso, Grande Othelo, Lúcio Mauro, Zilda Cardoso e o próprio Chico Anysio são alguns dos que já partiram.

O intérprete do professor Raimundo foi quem teve a ideia de transformar a atração em um programa solo, independente do Chico Anysio Show (1988). O humorista ficou conhecido por dar oportunidade a vários colegas de profissão, que ganharam fama e reconhecimento profissional com seus personagens no programa.

Chico Anysio (1931-2012) teve longa carreira na Globo e imortalizou diversos personagens de seus quadros de humor --além do professor, ele também é lembrado por Alberto Roberto, Bento Carneiro e Bozó, por exemplo.

Pai de Bruno Mazzeo, Lug de Paula e Nizo Neto, aos 80 anos Chico Anysio apresentou problemas de saúde como infecção pulmonar e insuficiência renal. Morreu em março de 2012, por falência múltipla dos órgãos. Ainda hoje parte de sua família briga na Justiça pela herança que ele deixou.

Entre os alunos da Escolinha, um tinha especial apreço pelo professor: Aldemar Vigário, interpretado por Lúcio Mauro (1927-2019). O personagem, vivido por Lucio Mauro Filho na versão atual do programa, sempre inventa histórias mirabolantes envolvendo um suposto passado de Raimundo Nonato.

Lúcio Mauro também foi um humorista consagrado na Globo, e além da Escolinha atuou nos programas Balança Mas Não Cai (1968-1983) e Zorra Total (1999-2011), e fez diversas participações em novelas e séries. O ator sofreu um derrame em 2016 e, depois disso, ficou com a saúde bastante debilitada. Morreu aos 92 anos, em 2019, por complicações respiratórias.

'Captei a vossa mensagem'

Quem também teve a carreira marcada pela Escolinha foi Rogério Cardoso (1937-2003). Ele deu vida a Rolando Lero, aluno que era profissional na arte de tentar enrolar o professor.

Além do humorístico de Chico Anysio, Cardoso também fez muitos brasileiros rirem dele em outros programas, como Zorra Total (1999-2003), Explode Coração (1995) e A Grande Família (2001-2003), em que viveu o inesquecível Seu Flor.

O ator morreu repentinamente em julho de 2003. Ele estava em seu apartamento em Copacabana, no Rio de Janeiro, quando sofreu um infarto fulminante. Neste dia, um episódio de A Grande Família que dava destaque para seu Flor foi exibido em sua homenagem na Globo.

Zilda Cardoso (1936-2019) não era parente de Rogério, mas também se destacou bastante na Escolinha do Professor Raimundo. Dona Catifunda, a mulher debochada que ela interpretava, foi personagem de diversos programas além da Escolinha, como A Praça É Nossa e Os Trapalhões.

A humorista estava afastada da TV desde 2000, quando participou de um episódio de Você Decide. Em 20 de dezembro do ano passado, ela foi encontrada morta em sua casa, em São Paulo. Zilda tinha 83 anos e morreu de causas naturais.

Outros atores consagrados estiveram no elenco da Escolinha do Professor Raimundo e são parte da memória do programa e do humor no Brasil. Confira:

Antônio Carlos Pires (1927-2005), Brandão Filho (1910-1998), Costinha (1923-1995), Francisco Milani (1936-2005), Grande Othelo (1915-1993), Jorge Loredo (1925-2015), Marcos Plonka (1939-2011), Mário Tupinambá (1932-2010), Nádia Maria (1931-2000), Olney Cazarré (1945-1991), Orival Pessini (1944-2016), Walter D'Ávila (1911-1996) e Zezé Macedo (1916-1999).

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?