Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FUZUÊ

Após quase 20 anos, Thais Fersoza negocia volta por cima como vilã na Globo

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Thais Fersoza está negociando sua volta às novelas da Globo

Após quase 20 anos, a atriz Thais Fersoza negocia sua volta às novelas da Globo em Fuzuê

CARLA BITTENCOURT, colunista

carla@noticiasdatv.com

Publicado em 3/3/2022 - 7h00

Thais Fersoza vai voltar às novelas em Fuzuê, novela de estreia de Gustavo Reiz na Globo, após quase vinte anos de sua última participação na dramaturgia da casa, em Agora É que São Elas (2003). Amiga do autor, a atriz está fortemente cotada para ser a vilã da história e marcar um retorno triunfal aos folhetins da líder de audiência.

Em 2005, a mulher de Michel Teló foi para a Record, na qual ficou até 2016. Por lá, Thais fez seis novelas e duas séries. Reiz, que era autor da emissora, contou com a atriz em diversas produções.

Thais e Reiz viraram grandes amigos depois da parceria em Dona Xepa (2013) e Escrava Mãe (2016). Ela chegou a ser convidada para fazer Belaventura (2017), também do autor, mas não renovou com a emissora na época. A atriz e Teló são, inclusive, padrinhos de Miguel, de apenas 3 meses, o segundo filho do novelista com a atriz Manuela Duarte.

Assim que Reiz assinou com a Globo, em 2019, já era certo que Thais faria uma novela do amigo. Com o adiamento da estreia dele por causa da pandemia, a atriz começou a pensar melhor na possibilidade de pegar um papel de maior importância. É que, por causa dos filhos pequenos, ela não queria se comprometer com longas diárias de gravações.

Mas já que Fuzuê (título provisório da novela do autor) só vai estrear em maio de 2023 e a preparação iniciará apenas em janeiro próximo, quando Melinda terá seis anos, e Teodoro, cinco. Thais ficou mais confortável em voltar à rotina de gravar uma novela com uma personagem melhor.

Empolgado, Reiz chegou a pensar em dar a protagonista para a amiga, mas depois ele e o diretor Leonardo Nogueira preferiram oferecer a vilã para Thais.

Na Record, a artista se saiu muito bem como Patrícia, a vilã de Vidas em Jogo (2011), e ainda hoje ela é lembrada pela rebelde Gisela de Estrela-Guia (2001), feita há 21 anos. Em 2016, Reiz deu a Thais a malvada Maria Isabel de Escrava Mãe, um outro bem-sucedido papel da carreira dela.

Sempre discreta, longe de polêmicas, talentosa e dedicada às redes sociais -- ela acumula quase 15 milhões de seguidores só no Instagram--, Thais tem tudo para criar a mídia necessária e alavancar a estreia do amigo.

Como ainda falta muito tempo para a novela começar sua produção, o elenco ainda não está escalado, e Thais ainda não assinou contrato para a novela. O vínculo dela com a Globo acaba com o fim do The Voice+. Mas o acordo de boca entre ela, Reiz e Nogueira está mais do que acertado. Só falta mesmo bater o martelo sobre o papel.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.