Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

VENCEU DOENÇA

Ana Maria Braga assume medo de morrer após lutar contra câncer: 'A vida é muito curta'

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Ana Maria Braga no comando do Mais Você em abril de 2020

Ana Maria Braga no comando do Mais Você em abril de 2020; apresentadora venceu câncer do pulmão

REDAÇÃO

Publicado em 8/6/2020 - 23h56

Ana Maria Braga assumiu que teve medo de morrer após lutar contra um câncer de pulmão no início deste ano. Em transmissão ao vivo com a socialite Antonia Mayrink Veiga Frering, a apresentadora do Mais Você falou sobre sua superação. "É sempre muito assustador. Sempre balança e te dá sensação de que a vida é muito curta", disse nesta segunda-feira (8).

A apresentadora da Globo lembrou que esta é sua terceira vitória contra a doença --ela já havia superado um câncer de pele em 1991, e outro no reto, em 2001. À amiga, Ana confessou seu medo ao enfrentar novamente a enfermidade.

"Não tem como não ter [medo]. Qualquer pessoa que já se viu ou teve alguém perto que esteve diante de um médico que disse 'você está com câncer', de qualquer tipo que seja, não tem como não ter medo", analisou.

"Desta vez, mais uma vez, no começo deste ano, descobri que eu estava com câncer. Se isso tivesse acontecido sei lá, há quatro anos, provavelmente, eu estaria numa situação avassaladora. Mas a imunoterapia chegou para esse tipo de câncer que eu tenho e me salvou. A imunoterapia junto com a quimioterapia", detalhou.

Segundo a apresentadora, o alto nível de insucessos no tratamento da doença. Por isso, ela acompanha de perto os avanços da medicina para repassar informações para quem sofre do mesmo mal. Em março, ela explicou ao seu público que a imunoterapia "utiliza o sistema imune do paciente para combater o câncer".

"É sempre assustador. Por mais que você queira dizer que saiu de 'um [câncer] e saiu de outro, mas nada te garante que você vai sair de mais um", completou. Ela ressaltou que ainda passa por sessões de imunoterapia.

Para Ana Maria a lição que a doença lhe deixou foi não perder sua fé. "Nunca, em nenhum momento, nem no primeiro, nem no segundo e nem no terceiro [câncer] eu deixei de acreditar que fosse dar certo", enfatizou.

"No dia que eu tive notícia, o Jhonny [Lucet], meu marido, estava comigo. Ele estava muito assustado, olhei para ele e falei: 'Eu vou sobreviver. Não se preocupe'", relembrou. 

Ao superar a doença, a apresentadora deixou de fumar, o que considera uma vitória. "É uma coisa que eu nunca imaginei que fosse conseguir. A pandemia me ajudou muito porque é traçar meta. É saber que é um vício. Igual alcoólicos anônimos quando você diz: 'Hoje eu não fumei'. Porque eu sou fumante", analisou.

Ana Maria revelou tomou um remédio para ajudar a combater o vício do cigarro. "Tive ajuda de uma médica que me ajudou no começo da pandemia. Depois, fiquei sem a muleta do remédio porque não faz bem para o organismo e eu estava com esse monte de química no corpo", finalizou.

Confira transmissão ao vivo com Ana Maria Braga:

Ver essa foto no Instagram

Um papo delicioso com @anamaria16 sobre superação, fé e vida. #superação #fé #vida #gratidão

Uma publicação compartilhada por Antonia Mayrink Veiga Frering (@antoniafrering) em

Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Mitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novela

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas