Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TRAGÉDIA EM SET

Alec Baldwin abre o jogo sobre morte de diretora e afirma ser inocente

Reprodução/YouTube

Alec Baldwin durante entrevista ao jornal ABC News

Alec Baldwin durante entrevista ao jornal ABC News; ator quebrou o silêncio sobre acidente fatal

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 3/12/2021 - 16h15

Em sua primeira entrevista oficial para falar sobre o acidente que matou a diretora de fotografia Halyna Hutchins (1979-2021), Alec Baldwin abriu o jogo sobre os eventos que ocasionaram a tragédia e reforçou a sua inocência no caso.

O ator conversou com o jornalista George Stephanopoulos, do jornal ABC News, para detalhar o que aconteceu no momento do acidente e deu a sua versão dos fatos. De acordo com Baldwin, ele nunca apertou o gatilho e alguém colocou uma bala de verdade no pente da arma.

Bastante emotivo, o astro disse que era admirador do trabalho da diretora e que o acidente ocorreu durante um ensaio entre os dois. Na ocasião, Baldwin utilizou a arma para entender como ela seria utilizada em uma das cenas do filme Rust.

"Eu disse a Hutchins que iria engatilhar a arma. Eu a paguei e comecei a engatilhar. 'Eu não vou puxar o gatilho'. Ela disse para eu inclinar um pouco a arma, e eu apontei na direção de sua axila. Eu engatilhei a arma e perguntei: 'Você consegue ver isso?'. Quando eu soltei o cabo, a arma disparou", contou o ator.

Segundo o relato de Baldwin, ninguém da equipe de produção entendeu o que aconteceu logo após o disparo. "Todo mundo estava horrorizado. Chocado. [O disparo] foi alto. Ninguém estava com os tampões de ouvido. A arma deveria estar vazia. Disseram-me que recebi uma arma vazia".

O ator destacou que, após Halyna sofrer o impacto da bala, ele não tinha entendido que ela havia se ferido. Baldwin afirmou que só foi pensar na possibilidade de a arma estar com uma bala de verdade quase uma hora depois do acidente. No início, o astro pensava se tratar de algum enchimento.

"Ninguém poderia entender. Ela teve um ataque cardíaco? A ideia de que alguém colocou uma bala de verdade na arma nem era realidade. E alguém colocou uma bala na arma. Uma bala que nem deveria estar no set", destacou Baldwin.

Questionado pelo repórter se ele teria checado a arma antes de ensaiar, o ator explicou que desde o início de sua carreira foi aconselhado a não mexer em armas utilizadas no set. Qualquer alteração acidental poderia estragar o armamento reservado para cenas de ação.

Sobre o acidente, o ator recordou que o assistente de direção David Halls disse que se tratava de uma arma "fria" quando lhe entregou a pistola para o ensaio. O termo é utilizado para se referir aos armamentos que não estão carregados com balas.

Eu não puxei o gatilho. Eu nunca apontaria uma arma para alguém e puxaria o gatilho. Nunca. Esse foi o treinamento que tive. Você não aponta uma arma e puxa o gatilho. Desde o meu primeiro dia nesse negócio, a instrução foi para que nunca pegasse uma arma e ficasse atirando. Esse foi o treinamento que eu tive. Porque, mesmo que seja falsa, você danifica o pino de disparo da arma se fizer isso. Não faça isso.

De acordo com a ABC News, a advogada de Halls, Lisa Torraco, disse que verificar a arma não era responsabilidade de seu cliente. Ela não confirmou que foi ele quem entregou a arma a Baldwin.

O ator também tentou se afastar da decisão de contratar Hannah Gutierrez-Reed como a armeira do filme --a responsável pelo manuseio das armas. Baldwin disse que foi informado por ela que, depois de usar uma arma para uma cena ou ensaio, ele deveria entregá-la de volta para ela ou Halls.

Questionado se sentia culpado pela tragédia, o astro negou, mas afirmou sonhar constantemente com os eventos e confessou ter temido pelo fim de sua carreira na indústria.

"Não, não me sinto responsável. Sinto que alguém é responsável pelo que aconteceu e não posso dizer quem é, mas sei que não sou eu. Juro por Deus, se eu sentisse que era o responsável, eu poderia ter me matado. E eu não digo isso levianamente", concluiu.

Em 21 de outubro, Baldwin disparou acidentalmente uma arma carregada durante um ensaio para o filme Rust que matou Halyna e feriu o diretor do longa, Joel Souza. A polícia confiscou os itens do set e os encaminhou para o laboratório do FBI durante a investigação, que segue em andamento.

Assista à primeira parte (sem legendas) da entrevista de Alec Baldwin:


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.