Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

INVESTIGAÇÃO CONTINUA

Alec Baldwin: Assistente não seguiu protocolo em acidente que matou diretora

Reprodução/Instagram

Alec Baldwin em vídeo publicado nas redes sociais

Alec Baldwin em vídeo publicado nas redes sociais; investigação sobre acidente em set continua

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 1/11/2021 - 19h08

David Halls, assistente de direção que trabalhava em Rust, filme no qual ocorreu o acidente envolvendo o ator Alec Baldwin e que causou a morte da cinematógrafa Halyna Hutchins (1979-2021), falou publicamente sobre o seu papel na produção do longa. Ele admitiu não ter seguido o protocolo recomendado e que não fez a inspeção completa da arma utilizada.

Halls foi uma das duas pessoas citadas pelo xerife Adan Mendoza como encarregadas pela inspeção de armas no set. Além dele, a armeira Hannah Gutierrez também era responsável por cuidar da segurança da equipe com pistolas e munições.

Segundo depoimento do assistente às autoridades, Halls checava se havia obstruções nos canos das armas e abria a escotilha para ver se contém balas ou projéteis "frios", ou seja, que não funcionam. Ao analisar a pistola usada por Baldwin, ele notou que havia três tiros, mas contrariou o protocolo ao não dar continuidade à inspeção.

Em comunicado enviado ao jornal The New York Times, Halls lamentou o ocorrido e elogiou o talento de Halyna. Ele ainda reforçou a necessidade da indústria cinematográfica de reavaliar os protocolos de segurança nos sets de filmes e séries.

"Halyna Hutchins não era apenas uma das pessoas mais talentosas com quem já trabalhei, mas também uma amiga. Estou chocado e triste com a sua morte. Espero que esta tragédia leve a indústria a reavaliar seus valores e práticas para garantir que ninguém seja prejudicado pelo processo criativo novamente. Meus pensamentos estão com todos os que conheceram e amaram Halyna", declarou.

O assistente de direção é um veterano da indústria que já esteve no centro de falhas de segurança e reclamações pessoais de má conduta em projetos anteriores. Em 2019, ele foi demitido da produção do filme Freedom's Path após um membro da equipe se ferir com o disparo de uma arma carregada.

De acordo com informações reveladas pela armeira Hannah Gutierrez, outros dois disparos com armas carregadas já haviam sido feitos no set de Rust. Poucas horas antes do acidente fatal, vários membros da produção haviam pedido demissão por questões financeiras e de segurança.

Em 21 de outubro, Baldwin disparou acidentalmente uma arma carregada durante um ensaio para o filme Rust que matou Halyna e feriu Joel Souza, diretor do longa. A polícia confiscou os itens do set e os encaminhou para o laboratório do FBI durante a investigação.

TUDO SOBRE

Alec Baldwin


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.