Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

EROTISMO ESPIRITUAL

Sexo tântrico de Angélica e Luciano Huck: Saiba como funciona a prática

REPRODUÇÃO/MULTISHOW

O apresentador Luciano Huck no programa Lady Night, do Multishow, em edição exibida na noite de quarta-feira (4)

Luciano Huck no Lady Night de quarta-feira (4); apresentador revelou que pratica o tantra com Angélica

KELLY MIYASHIRO

kelly@noticiasdatv.com

Publicado em 5/11/2020 - 12h38

Convidado do Lady Night exibido na noite de quarta (4), Luciano Huck revelou que ele e Angélica são adeptos do sexo tântrico. Baseada no tantra --tradições esotéricas do hinduísmo e do budismo--, a prática de evolução espiritual através do sexo consiste em um processo para atingir um orgasmo supremo e prolongado.

Em uma dinâmica criada no programa do Multishow, Tatá Werneck perguntou a Huck como ele poderia ajudar o marido dela, Rafa Vitti, a ter uma ereção novamente. "Faz um curso de tantra junto. Posso lhe indicar alguém", disse o titular do Caldeirão do Huck.

"Já fez, é? Menina, agora estou com a imagem na cabeça da Angélica e do Luciano no tantra", brincou Tatá, imaginando os dois apresentadores da Globo. "Quase 20 anos juntos", completou o comunicador, timidamente. 

"Mas como é, todo mundo se toca no tantra?", perguntou a humorista, curiosa. "Toca", se limitou a dizer o apresentador de 49 anos, mostrando conhecimento no assunto. Luciano Huck e Angélica são casados desde 2004 e têm três filhos: Joaquim, de 15 anos, Benício, de 13, e Eva, 8.

Mas o que é sexo tântrico?

Ao Notícias da TV, a psicoterapeuta tântrica Marquesa ChandraKant explica que é necessário diferenciar o tantra do sexo tântrico, que muitas vezes são confundidos como uma coisa só. Enquanto um é uma filosofia extensa nascida no Oriente, o outro é um ritual sexual para se atingir um êxtase, que pode se tornar ou não um orgasmo através da energia e autoconhecimento.

"O tantra é um estado, um acesso, uma energia. É o caminho do corpo, uma forma de autoconhecimento para equilibrar os nossos polos, os dois lados dentro da nossa dualidade, como o yin e yang, o positivo e negativo. O tantra é um estudo milenar, que pode trazer um cunho religioso por estar no budismo e no hinduísmo, entre outras crenças", começa a sacerdotisa tântrica.

"O tantra não é o ato sexual e, sim, um conhecimento profundo sobre a nossa energia sexual, que é o nosso fogo sagrado de vida. Já o sexo tântrico é o conjunto de práticas corporais que se passam pelos sons, respiração e movimentação que podem te levar para o orgasmo, que é o estágio mais próximo da iluminação, acessar a supraconsciência", completa Marquesa.

"O foco principal é a troca de energia, se conectar com o outro através de toques, sons, e é um sexo que necessita de tempo. Você pode criar um ambiente com velas, incensos, música de fundo, tudo para ajudar a descobrir o corpo do outro --e o próprio-- de uma forma mais intensa e profunda", ensina. 

Questionada sobre como o tantra e a prática do sexo tântrico podem ajudar numa relação duradoura como a de Luciano Huck e Angélica, a guia de grupos de meditação acredita que a experiência facilita o aprofundamento de sentimentos e sensações dentro de um relacionamento, já que a filosofia ajuda a aproximar, para que um consiga entender melhor o outro.

"Os casais que fazem o sexo normal têm como único objetivo o orgasmo e fazem um sexo que é baseado apenas nos genitais, não explora outras possibilidades. Então, quando um casal descobre o sexo tântrico, ele descobre mil outras formas de sentir prazer, além de se conhecer melhor. O tantra consegue ajudar num todo, não só na cama, como também na vida", finaliza. 


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?