Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

BAIXOU O TOM

Web se revolta com postura de Datena em entrevista de Bolsonaro: 'Cúmplice'

REPRODUÇÃO/BAND

José Luiz Datena com o celular na mão, entrevistando Jair Bolsonaro

José Luiz Datena baixou o tom ao entrevistar Jair Bolsonaro e foi apontado como cúmplice de mentiras do presidente

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 15/1/2021 - 18h25

Acostumado a ser enfático em suas críticas a Jair Bolsonaro, José Luiz Datena baixou o tom ao entrevistar o presidente da República nesta sexta-feira (15) no Brasil Urgente, da Band. O apresentador mudou sua postura ao ponto de permitir que o chefe do Executivo divulgasse mentiras ao vivo a respeito da Covid-19 sem ser questionado. A web se revoltou com a conduta do jornalista e avaliou que ele é cúmplice do discurso do governante do país.

Na entrevista, Bolsonaro mentiu ao citar a existência de um tratamento precoce contra a Covid-19, ao falar sobre a eficácia da vacina CoronaVac e também ao dizer que foi impedido pelo STF (Supremo Tribunal Federal) de tomar medidas estratégicas no combate à pandemia, algo que ele repete com frequência.

"Eu fui impedido pelo STF de fazer alguma ação contra a Covid-19 nos Estados e municípios. Pelo STF, eu devia estar na praia. Meu erro foi não atender o STF e estar ajudando quem está morrendo em Manaus, com cilindros e tratamento precoce", disse o político.

Na realidade, o STF julgou três ações no ano passado e reconheceu que governadores e prefeitos têm autonomia para traçar planos de combate ao vírus em seu respectivos territórios, incluindo medidas mais rígidas, como o fechamento do comércio, por exemplo.

Além disso, a SBI (Sociedade Brasileira de Infectologia) alertou recentemente que não recomenda tratamento precoce para a Covid-19 com qualquer medicamento, incluindo cloroquina, hidroxicloroquina e ivermectina, remédios divulgados amplamente pelo presidente como solução para tratar a doença. Segundo o órgão, não há comprovação científica de que esses medicamentos sejam eficazes.

Ao não contestar o político e permitir que o entrevistado propagasse  desinformação em seu programa sem oferecer um contraponto, Datena foi muito criticado e visto pelos internautas como cúmplice das fake news.

"E, como cordeirinho, Datena não questiona nada, não rebate o cara, não desmente as mentiras, ajuda a propagar esse discurso demente. Um desserviço, emprestar um microfone pra esse bosta fazer na TV o que já faz em suas lives. Datena é uma decepção", escreveu o jornalista Flávio Gomes.

"Não tem defesa ou justificativa jornalística para isso", argumentou Gabriel Rodrigues. "Datena ao vivo com Bolsonaro, dando palco e todo tempo do mundo para o monstro mentir em rede nacional. Esgoto geral", disparou Bruno Torturra.

"Somos governados por um genocida que encontra espaço na TV aberta para disseminar mentiras, sem nenhum contraponto", afirmou o médico Luiz Paulo.

'Facínora'

Datena relatou a Bolsonaro que considerou crime João Doria ter chamado o presidente de "facínora". Um crime, segundo ele, comparável à incitação à invasão do Congresso dos Estados Unidos feita por Donald Trump na semana passada. 

"Eu ouvi a palavra facínora e achei muito estranho porque é uma palavra muito pesada de um governador de um Estado importante em relação à maior autoridade do país, que é o presidente da República. Beira a insurreição e beira também a irresponsabilidade do próprio presidente Trump", declarou o comunicador, que perguntou ao chefe do Executivo se o xingamento ficaria no "bate-boca" com o governador de São Paulo.

A entrevista aconteceu de forma "excepcional", segundo o apresentador da Band, e teve como tema principal, além da discussão sobre a vacina e a briga entre Doria e Bolsonaro, as ações que o Governo Federal vai adotar para ajudar Manaus, onde os hospitais estão em colapso devido à falta de oxigênio, aumentando o número de mortes na região.

Datena também entrevistou no Brasil Urgente desta sexta (15) o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC).

Assista à entrevista de Jair Bolsonaro a Datena na íntegra:

Veja as reações sobre a entrevista de Jair Bolsonaro no Datena:

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Juan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas