Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MUDANÇAS

Traço de audiência, Opinião no Ar sai da TV; Lacombe assume RedeTV! News

REPRODUÇÃO/REDETV!

Luís Ernesto Lacombe no estúdio do Opinião no Ar, da RedeTV!

Luís Ernesto Lacombe no comando do Opinião no Ar, programa que deixará grade da RedeTV!

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 18/3/2022 - 20h10

Programa que registra menos de 0,5 ponto de média na RedeTV!, o Opinião no Ar será retirado da grade da emissora e passará a ser uma atração apenas do digital. Luís Ernesto Lacombe, que comandava o jornalístico, assumirá a apresentação do RedeTV! News, principal telejornal da emissora de Marcelo de Carvalho e Amilcare Dallevo.

O fim do Opinião no Ar foi confirmado pelo próprio Lacombe em suas redes sociais. "O programa está exibindo reprises e não voltará à TV. Nós faremos uma edição semanal do Opinião na internet, no canal da RedeTV! no YouTube", informou o jornalista.

Na sequência, ele avisou que continuaria no Agora é Com Lacombe, atração semanal transmitida às quintas-feiras na RedeTV!, e assumiria um "projeto diário na grade noturna", sem especificar o que faria.

Na noite desta sexta-feira (18), o colunista Leo Dias, do Metrópoles, antecipou que o apresentador estará na bancada do RedeTV! News ao lado de Millena Machado a partir de 28 de março. O Notícias da TV confirmou a informação com fontes. Atualmente, ela faz parceria com Augusto Xavier.

O Opinião no Ar foi lançado em setembro de 2020 e ocupava a faixa do meio-dia. Aposta para conquistar um público alinhado ao presidente Jair Bolsonaro, o jornalístico contou com nomes como Rodrigo Constantino e Silvio Navarro. Já Amanda Klein tentava fazer um contraponto. O programa, no entanto, foi um fracasso de audiência e exibe reprises desde 28 de fevereiro.

Veja o vídeo em que Lacombe comenta as mudanças:


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.