Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

RC EM JERUSALÉM

Talismã de Roberto Carlos, Gloria Maria se inspira em música do rei: 'Eu sou terrível'

ZÉ PAULO CARDEAL/TV GLOBO

A apresentadora Gloria Maria em cima do palco do especial Roberto Carlos em Jerusalém, exibido originalmente em 2011

Gloria Maria no especial Roberto Carlos em Jerusalém (2011); jornalista e cantor mantêm amizade há anos

DANIEL FARAD, do Rio de Janeiro

vilela@noticiasdatv.com

Publicado em 22/12/2020 - 7h00

Gloria Maria desembarcou em Israel como uma espécie de talismã para dar boa sorte a Roberto Carlos durante o especial do rei em Jerusalém, exibido originalmente em 2011 e que voltará ao ar nesta segunda (22). Além da relação de amizade que atravessa as décadas, a apresentadora também se inspira nas músicas do amigo para reafirmar a rebeldia que traz desde a adolescência.

"O Roberto deve ter pensando em mim quando compôs Eu Sou Terrível, porque é bem a minha cara. É uma música que me define", brinca a jornalista, que também se arrisca a cantar um trecho de As Curvas da Estrada de Santos durante entrevista ao Notícias da TV.

A canção é uma das suas favoritas entre as inúmeras letras escritas pelo intérprete em parceria com Erasmo Carlos. "Eu queria cantar um pedacinho porque adoro, mesmo que a radioterapia tenha atingido as minhas cordas vocais. Aquela parte em 'se você pretende saber como sou, eu posso lhe dizer' parece que foi feita para mim", confidencia.

Ela passou pelo processo radioterápico como parte do tratamento contra um tumor maligno no cérebro, que ainda a obrigou a enfrentar uma delicada cirurgia em dezembro de 2019. O cantor foi a primeira pessoa a entrar em contato quando a âncora do Globo Repórter ainda estava no CTI (Centro de Tratamento Intensivo).

"Eu tinha passado seis horas na cirurgia e outras 48 no CTI. Quando eu estava no corredor indo para o quarto, alguém me passou o telefone. Atendi, e era ele. Foi um momento lindo. Só não vou falar que nossa amizade vem desde a Jovem Guarda porque vocês vão implicar com a minha idade (risos)", entrega a carioca.

ZÉ PAULO CARDEAL/TV GLOBO

Gloria Maria e Roberto Carlos em Jerusalém

De mãe para filha

Gloria assume que já transmitiu a paixão pela discografia do "rei" para as filhas Laura e Maria, de dez e 11 anos. "Eu acho que todo mundo gosta dele. Quando minhas meninas eram bebês, eu as colocava para dormir cantando Como É Grande o Meu Amor por Você. Roberto é um cara que fala de amor, de emoção. Esses sentimentos são eternos", avalia.

O artista, inclusive, aproveitou a proximidade com a colega para pregar uma peça durante a gravação do programa. "Ele pediu para que ninguém contasse que me convidaria para dançar no palco. Eu vivi um sonho quando ele me tomou nos braços ao som de Unforgettable", relembra.

A versão para o sucesso de Nat King Cole (1919-1965) foi o ponto alto de uma noite em que a jornalista viu o amigo em "estado de graça" na cidade sagrada para judeus, mulçumanos e cristãos. "Foi um dos momentos mais inesquecíveis da minha carreira. Ele cantou de uma maneira que há muito tempo não cantava. Estou louca para rever", arremata Gloria.

O especial Roberto Carlos em Jerusalém vai ao ar nesta terça (22) depois de A Força de Querer na Globo. O início da exibição está previsto para 22h45.

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Gui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?Quanto Mais Vida, Melhor enfrentou perrengues mesmo antes de estrear; conheça a trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas