Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

CRISE

Silvia Abravanel abre mão de salário no SBT para evitar demissões no Bom Dia & Cia

REPRODUÇÃO/SBT

Silvia Abravanel com as mãos grudadas, com semblante apreensivo, vestindo uma blusa rosa e branca

Silvia Abravanel no Bom Dia & Cia; filha de Silvio Santos pediu para o SBT cancelar o pagamento de seus salários

Após tomar conhecimento de que toda a sua equipe no Bom Dia & Cia seria demitida, Silvia Abravanel ligou para a direção do SBT e pediu para que a emissora suspendesse imediatamente os pagamentos de seus salários. O objetivo, com este gesto nobre, era evitar os cortes dos funcionários de sua confiança. Mas foi em vão.

A filha de Silvio Santos está fora do ar desde março, quando a pandemia eclodiu no Brasil e as produções do SBT foram suspensas, mas a sessão de desenhos foi mantida, sem nenhum apresentador.

Ela pediu a seus superiores que usassem seus vencimentos para pagar os salários de todos os integrantes de sua equipe. O gesto foi visto com bons olhos, mas a direção não aceitou a proposta da filha do dono da emissora. 

O Grupo Silvio Santos enfrenta uma forte crise financeira, provocada pela pandemia do novo coronavírus e também pelo alto investimento em direitos esportivos. Até o fim do ano, deverá dispensar cerca de 500 funcionários, de todos os departamentos.

O Bom Dia & Cia já era analisado por parte da direção como um produto dispensável. Além de gerar um alto custo para o caixa da emissora, ele não lucra e fecha todos os meses no negativo. Mas Silvio Santos nunca autorizou seu cancelamento.

A ordem na emissora é dar fim a todos os produtos que não tragam dinheiro para o caixa. Por este motivo, Roberto Cabrini foi o primeiro nome do casting a ser dispensado. Embora o Conexão Repórter trouxesse prestígio e audiência ao SBT, ele não faturava e só gerava custos.

O elenco da novela Poliana Moça também foi inteiramente dispensado, assim como produtores, cinegrafistas, assistentes de direção, marceneiros e profissionais de outros departamentos que também se dedicavam à dramaturgia da empresa de Silvio Santos.

Na quinta-feira (1º), foi a vez das equipes dos programas de Patricia Abravanel e Raul Gil, que haviam sido remanejadas para outras produções, terem suas demissões decretadas.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?