Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DO CASTELO RÁ-TIM-BUM

Sérgio Mamberti ia reviver doutor Victor na TV Cultura em nova série

Divulgação/TV Cultura

Sérgio Mamberti caracterizado como doutor Victor em frente a quadro do personagem no cenário do Castelo Rá-Tim-Bum

O ator Sérgio Mamberti em frente a quadro do tio Victor no cenário do Castelo Rá-Tim-Bum (1994-1997)

LUCIANO GUARALDO e ELBA KRISS

luciano@noticiasdatv.com

Publicado em 3/9/2021 - 16h23

Morto na madrugada desta sexta-feira (3) aos 82 anos, o ator Sérgio Mamberti se preparava para reviver um dos personagens mais icônicos de sua carreira em uma nova série. O doutor Victor, que ele interpretou no programa Castelo Rá-Tim-Bum (1994-1997), voltaria em novas aventuras na TV Cultura --dessa vez, na internet.

"Vai chamar Tempos do Doutor Victor. Será feito interagindo com a TV Cultura. [A história] Será [sobre] uma sobrinha do futuro e um sobrinho do passado, que, certamente, vão dialogar com o Cassio [Scapin]", adiantou o ator durante longa entrevista ao Notícias da TV, em julho.

O intérprete de Nino, sobrinho-neto do bruxo Victor, não faria parte do elenco fixo da nova atração, mas apareceria em alguns episódios para amarrar ainda mais a trama com a série clássica. "Não é por não querer. Eu o queria fixo. Mas tem questões orçamentárias (risos)", contou Mamberti, com bom humor.

Outros personagens da atração original também dariam as caras na websérie. "O doutor Abobrinha [Pascoal da Conceição] também volta. Eu não li a última versão [dos roteiros], mas tem alguns outros que vão voltar", falou ele.

O projeto, explicou Mamberti, foi atrasado porque os roteiristas precisaram mudar algumas ideias para que tudo fizesse sentido e se encaixasse na cronologia original do Castelo Rá-Tim-Bum.

"Teve uns probleminhas de dramaturgia para fazer esses personagens se encontrarem e ter uma lógica. Já tinha sido organizado um plot [enredo] original, mas se percebeu que tinha algumas incongruências. Então, eles passaram a reescrever outra vez", explicou.

A ideia era de que, inicialmente, Tempos do Doutor Victor fosse exibida no YouTube ou em um serviço de streaming pago, mas a série depois chegaria à TV aberta para conquistar o público que não tem acesso a essas plataformas.

Estava previsto para estrear no segundo semestre. Mas, como a pandemia não acabou, deu uma pequena atrasada. Mas é bem interessante. Serão capítulos de 12 minutos. Não tem um limite [de episódios]. É um contrato mais ou menos grande.

Uma das produções mais elogiadas e premiadas da TV Cultura nos anos 1990, Castelo Rá-Tim-Bum contava a história de Antonino "Nino" Stradivarius 2º, um aprendiz de feiticeiro de 300 anos que morava em um castelo escondido no meio de São Paulo com seus dois tios bruxos, Victor (Mamberti) e Morgana (Rosi Campos).

A vida do jovem era virada de cabeça para baixo quando sua casa acabava descoberta por três amigos: Pedro (Luciano Amaral), Biba (Cinthya Rachel) e Zequinha (Fredy Allan). Os quatro se juntavam para viver grandes aventuras no castelo.

Também apareciam no castelo para visitas ocasionais a jornalista Penélope (Angela Dippe), a lendária Caipora (Patrícia Gasppar), o entregador de pizza Bongô (Eduardo Silva) e o alienígena Etevaldo (Wagner Bello). 

Confira a entrevista exclusiva de Mamberti ao Notícias da TV:

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Juan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas