Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

APÓS PARÓDIA

Secretaria de Bolsonaro critica Marcelo Adnet e defende Mario Frias

REPRODUÇÃO/GLOBOPLAY/INSTAGRAM

Montagem de fotos com Marcelo Adnet e Mario Frias em sala que tem quadro de Jair Bolsonaro ao fundo

Marcelo Adnet fez uma paródia de uma série do governo Bolsonaro com Mario Frias; Secom criticou

REDAÇÃO

Publicado em 5/9/2020 - 13h04
Atualizado em 5/9/2020 - 14h32

Após Marcelo Adnet fazer uma paródia da série Um Povo Heroico, a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom) publicou um longo texto criticando a imitação que o humorista fez de Mario Frias e exaltando os "brasileiros de bem", que entenderam a iniciativa. O secretário especial da Cultura do governo de Jair Bolsonaro é o rosto da campanha.

De acordo com a Secom, a série sobre o heroísmo de brasileiros foi feita porque "acreditamos que seria possível unir todo o país em torno de bons valores e de bons exemplos".

"Decidimos então fazer uma série única, sobre heróis brasileiros. Primeiramente, heróis anônimos; depois grandes heróis nacionais. Em comum, além da bravura de seus atos, o fato de serem amplamente desprezados", explica a secretaria.

"Começamos a série Um Povo Heroico dia 3, quando estreamos com um belo vídeo protagonizado pelo secretário de Cultura Mario Frias, que ajudou também com o roteiro e até na produção. Tudo feito em casa, sem custos adicionais, só com o amor e a competência de servidores dedicados", justica.

No vídeo, Frias faz um discurso patriota enquanto caminha pelo Museu do Senado, em Brasília. O secretário afirma que o objetivo da série é contar a história dos brasileiros, enquanto observa as obras de arte.

Na imitação feita por Adnet, o ator parece perdido em meio aos símbolos históricos do povo que vão surgindo nas imagens. "Descobriremos juntos, como heróis que somos, o que significa cada um desses símbolos da nossa cultura", ironizou o humorista.

Frias não gostou da piada. "Garoto frouxo e sem futuro. Agindo como se fosse um ser do bem, quando na verdade não passa de uma criatura imunda, cujo o adjetivo que devidamente o qualifica não é outro senão o de crápula", escreveu o secretário, irritado, ao postar um print de Adnet no vídeo que o imita. O ex-galã de Malhação também chamou o comediante de "bobão".

O humorista, no entanto, ironizou as ofensas em suas redes sociais e convidou seus fãs para assistirem o programa Sinta-se Em Casa, do Globoplay, plataforma em que a imitação foi publicada. "Até o secretário recomendou! Vale conferir o post! A Secom deve replicar em suas redes", escreveu. 

A Secom abraçou a crítica de Frias, classificando quem faz piada com a série como "ínfima e desprezível minoria. Felizmente, a maioria reagiu com amor, emoção e gratidão".

"Aos brasileiros de bem, imensa e esmagadora maioria, nosso muito obrigado e um pedido: compartilhem esses materiais com o máximo de pessoas possível. Nossa nação é feita de pessoas incríveis, e seus exemplos eternos devem servir de inspiração a todos. Deus abençoe o Brasil", escreve a Secom.

Confira abaixo a publicação da Secretaria Especial de Comunicação Social de Jair Bolsonaro contra Marcelo Adnet e assista ao vídeo da série com Mario Frias:

Veja abaixo o post de Mario Frias e a resposta de Adnet:

Ver essa foto no Instagram

Garoto frouxo e sem futuro. Agindo como se fosse um ser do bem, quando na verdade não passa de uma criatura imunda, cujo o adjetivo que devidamente o qualifica não é outro senão o de crápula. Um Judas que não respeitou nem a própria esposa traindo a pobre coitada em público por pura vaidade e falta de caráter. Um palhaço decadente que se vende por qualquer tostão, trocando uma amizade verdadeira, um amor ou sua história por um saquinho de dinheiro e uma bajulada no seu ego infantil e incapaz de encarar a vida e suas responsabilidades morais. Pior do que isso: conta vantagem por se considerar melhor que as outras pessoas. Mas isso tudo é só para esconder a solidão em que ele se encontra. Quem em sã consciência consegue conviver no mundo real com um idiota egoísta e fraco como esse? Onde eu cresci ele não durava um minuto. Bobão!

Uma publicação compartilhada por Mario Frias🇧🇷 (@mariofriasoficial) em

Leia também

Web Stories

+
Dia da Luta contra a LGBTfobia: Félix, Ivan e outros personagens que marcaram a TVLançamentos da semana têm Quem Matou Sara? e documentário de Pink; saiba maisDez anos após o fim de Smallville, veja como está o elenco da sérieDe cuidadora de cachorros a musa sertaneja: Como está Juliette fora do BBB21Salve-se Quem Puder: Última semana da reprise tem chantagem, reencontro perigoso e revelação

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você espera dos capítulos inéditos de Salve-se Quem Puder?