Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SEM DIVULGAÇÃO

A quatro dias do início da Copa América, ESPN evita 'fazer festa' por transmissão

LUCAS FIGUEIREDO/CBF

Casemiro correndo em jogo da Seleção Brasileira nas Eliminatórias da Copa do Mundo

Casemiro em jogo da Seleção Brasileira; Copa América será transmitida por ESPN Brasil e Fox Sports

VINÍCIUS ANDRADE

vinicius@noticiasdatv.com

Publicado em 9/6/2021 - 19h19

Dona dos direitos de transmissão da Copa América na TV por assinatura, a Disney tem evitado "fazer festa" para anunciar que vai passar todos os jogos do torneio que começa já neste domingo (13). Assim como patrocinadores da competição, que decidiram não expor a marca nos materiais do campeonato organizado pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), a ESPN e o Fox Sports têm evitado divulgar a disputa.

A explicação é a rejeição de boa parte dos brasileiros em relação à realização da Copa América, que foi recusada pelas sedes originais, Argentina e Colômbia, mas acabou aceita pelo governo federal e pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol).

Na programação disponível no site da ESPN Brasil, já constam os jogos que serão transmitidos no início da próxima semana, como Brasil x Venezuela (às 18h) e Colômbia x Equador (às 21h, no Fox Sports) no domingo (13), além de Argentina x Chile (às 18h) e Paraguai x Bolívia (às 21h, no Fox Sports) na segunda-feira (14).

Os canais esportivos da Disney serão os únicos que vão mostrar todas as partidas da competição. Na TV aberta, o SBT exibirá os confrontos da Seleção Brasileira.

Nos programas de debate e no site da ESPN, os comentaristas mantiveram o tom crítico em relação à Copa América. Os jornalistas cobraram um posicionamento dos jogadores do Brasil e do técnico Tite. Também estão entre os que defendem que realizar uma competição desse porte às pressas em um momento ainda grave de pandemia não é correto.

No site da ESPN Brasil, não há destaques sobre a transmissão do campeonato, nem mesmo os textos jornalísticos citam que os jogos serão exibidos pelos canais da Disney. A assessoria de imprensa também ainda não enviou releases sobre as partidas.

As negociações da empresa com a Conmebol começaram no fim de abril. Na ocasião, Argentina e Colômbia ainda estavam confirmadas como sedes. Os países, porém, se recusaram a receber o evento por falta de segurança política e sanitária.

A dona dos canais ESPN deu o "azar" de fechar o negócio no início de junho, quando a Copa América virou alvo de rejeição por parte dos brasileiros ao ser rapidamente aceita pelo governo federal. Patrocinadores como Mastercard e Ambev desistiram de expor suas marcas nos materiais da competição no Brasil, mas manterão o pagamento à Conmebol e farão ativações em outros países. 


Leia também

Web Stories

+
De violência doméstica a desemprego: Como está o elenco de Roque SanteiroDe Fernanda Montenegro a Sônia Braga: Cinco atrizes que entraram para a históriaDe série com Liniker a nova temporada de Elite: Confira os lançamentos da semanaBastidores de O Diabo Veste Prada tiveram atriz deprimida e look vetado, saiba maisJuliette, Zico e Anitta: Sete celebridades que viraram tatuagens de fãs

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou de ver Tiago Leifert no comando da Super Dança dos Famosos?