THIAGO OLIVEIRA

'Novo Leifert', apresentador faz sucesso na Copa e é promovido pela Globo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Thiago Oliveira ao lado de Monalisa Perrone: jornalista caiu nas graças do público e ficará no Hora 1 - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Thiago Oliveira ao lado de Monalisa Perrone: jornalista caiu nas graças do público e ficará no Hora 1

DANIEL CASTRO - Publicado em 11/07/2018, às 05h39 - Atualizado às 14h05

Thiago Oliveira, 33 anos, acabou de subir no bonde e já sentou na janelinha. Transferido do Sportv para a Globo no início deste ano, o apresentador está fazendo tanto sucesso no Hora 1 que será promovido. Será a principal novidade da nova versão do telejornal, que passará a ter duas horas a partir de 13 de agosto. Por causa de seu estilo e ascensão rápida, está sendo comparado a Tiago Leifert.

Oliveira, inicialmente, ficaria apenas um mês no Hora 1, durante a Copa do Mundo da Rússia. Mas sua química com a apresentadora Monalisa Perrone e sua habilidade para trabalhar ao vivo agradaram à cúpula da Globo, que decidiu efetivá-lo no telejornal das madrugadas.

O ex-titular do Tá na Área deve desbancar os medalhões Cleber Machado e Luis Roberto. Com sua participação fixa no telejornal das madrugadas, os comentários pré-gravados dos dois locutores não farão mais sentido. Devem ser cancelados logo depois da Copa.

Na Globo, Thiago Oliveira já é apontado como um novo Tiago Leifert porque é descolado, embora não faça a linha "engraçado", e por ter jogo de cintura para o improviso. Carismático, também está sendo comparado a Maria Júlia Coutinho, a Maju, que despontou no H1 e virou apresentadora do tempo no Jornal Nacional.

Oliveira é visto como aposta da emissora para ancorar atrações esportivas e liderar boa parte das transmissões da Olimpíada de Tóquio, em 2020.

Uma das características que a Globo está priorizando para a nova fase do Hora 1 é a informalidade, e essa é uma das marcas de Thiago Oliveira. Ele grava até sexta pilotos do novo formato do telejornal.

Além dele, o telejornal de Monalisa Perrone terá maior participação de repórteres e, principalmente, correspondentes. Carlos Gil, que está indo para Tóquio na vaga de Márcio Gomes, será presença constante. Um dos correspondentes nos Estados Unidos deverá ser deslocado para trabalhar na madrugada e entrar ao vivo no H1.

O jornalístico ficará ainda mais conversado, mas não perderá seu principal aspecto desde que foi lançado, no final de 2014, que são os blocos rotativos de notícias, buscando trazer um novo público à Globo a cada 15 minutos.

O prolongamento do Hora 1 faz parte de um projeto da Globo de ampliar a cobertura jornalística ao vivo. Os dados do Ibope mostram que há público para a TV aberta na madrugada, principalmente em São Paulo. Quanto mais quente o noticiário, maior a audiência do telejornal.

Há também uma questão estratégica: o Hora 1 tira público das reprises do SBT Notícias e levanta a audiência dos telejornais matinais da Globo (Bom Dia local e Bom Dia Brasil).

Demitido da Gazeta
Thiago Oliveira começou sua carreira em 2002, como apresentador de um programa esportivo em uma pequena rádio de São Paulo. Sua primeira experiência na TV foi em 2004, como produtor de Sonia Abrão, que na época apresentava um programa vespertino na Record.

Ele se transferiu para a Gazeta em 2006, e lá apareceu pela primeira vez em frente às câmeras, apresentando um programa de televendas. Em 2010, criou o programa Super Esporte, que apresentou até ser demitido em novembro de 2013. Na época, ele lamentou ter sido desligado sem sequer poder se despedir do público.

Oliveira foi contratado em março de 2014 pelo Sportv para apresentar o Tá na Área, ao lado de Bárbara Coelho, que também ganhou destaque na Globo ao ser escalada para apresentar o Central da Copa com Leifert durante o Mundial da Rússia.

Ele ficou no canal pago do Grupo Globo até o início do ano, quando foi deslocado para a reportagem da Globo em São Paulo. Em abril, com a transferência de Abel Neto para o Fox Sports, assumiu o bloco esportivo do Bom Dia São Paulo.


Colaborou GABRIEL SOUZA 

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual deve ser o final de Laureta em Segundo Sol?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook