Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

JOSÉ LUIZ VILLAMARIM

Novo chefão da Globo é queridinho dos atores e faz TV das entranhas do Brasil

FOTOS: DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

O ator Cauã Reymond recebe orientação do diretor José Luiz Villamarim durante gravação da minissérie Justiça (2016)

Cauã Reymond recebe orientação de José Luiz Villamarim durante gravação de Justiça (2016)

MÁRCIA PEREIRA

marcia@noticiadastv.com

Publicado em 27/11/2020 - 16h33

Aos 57 anos, José Luiz Villamarim assume na próxima terça (1º) o posto de escolher as novelas e séries que o público verá daqui para frente na Globo. O diretor é quase idolatrado pelos atores e vem tendo a liberdade de experimentar novas linguagens na TV desde que parou o Brasil para ver a minissérie Amores Roubados (2014). Ele está por trás da inovação que Amor de Mãe trouxe e tem gostado de explorar as entranhas do país há anos.  

Isso não significa que as novelas de agora em diante serão todas do jeito dele. Villamarim é um especialista em fazer TV, estava na direção de Avenida Brasil (2012), o maior sucesso de crítica e repercussão do gênero nesta década. 

Um de seus primeiros trabalhos na emissora foi justamente um folhetim: Cara & Coroa (1995). O cineasta trabalhou em novelas de autores consagrados, como Benedito Ruy Barbosa em O Rei do Gado (1996), e Manoel Carlos em Mulheres Apaixonadas (2003). 

Ele é o sucessor de Silvio de Abreu, mas não é um escritor de histórias com o autor, então, vai ter criadores para isso em sua equipe. Uma reunião está sendo feita na Globo nesta sexta (27) para definir novas posições. 

Importante todos estarem cientes de que a Globo não vai colocar no ar somente "novelas cabeçudas", como é considerada a trama escrita por Manuela Dias, Amor de Mãe --sucesso de crítica, mas que não atingiu o público nem os patamares de audiência de sua antecessora, A Dona do Pedaço (2019), de Walcyr Carrasco. 

Villamarim com Regina Casé em Amor de Mãe

Novela é um produto comercial. A Globo é uma empresa de negócios, e Villamarim, há 25 anos na casa, sabe bem disso. Mas é claro que o DNA da inovação que o levou a ser escolhido para virar chefão também tem peso nessa balança. 

O telespectador pode esperar mais projetos ousados, mais séries e minisséries com atores desconhecidos e gravados em regiões que antes nunca ouviram falar. Têm sido assim os últimos trabalhos de Villamarim, o que inclui sua experiência no cinema em Redemoinho (2016), quando estreou com drama de gente humilde. 

Nos bastidores, ele é queridinho não só da Regina Casé e do Alexandre Nero, já que ambos declararam ao Notícias da TV que aceitaram seus papéis principalmente pela oportunidade de serem dirigidos por Villamarim --ela em Amor e Mãe, e ele em Onde Nascem os Fortes (2018). 

Muitos atores que só faziam coadjuvantes ou elenco de apoio caíram nas graças do "Zé", como os nordestinos Irandhir Santos e Clarissa Pinheiro. O diretor é o cara que toma cerveja com sua equipe, que abraçava todo mundo antes da pandemia, que faz aquele velho clichê de que "somos uma família" ficar evidente no set. 


Leia também

Web Stories

+
Como Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguirTraição de Pyong Lee e treta de Nadja Pessoa: Ilha Record promete estreia acaloradaFim de casamento e cirurgia perigosa: Como estão os vencedores do Power Couple BrasilLustre de cristal e piso de mármore: Conheça o Carioca Palace, hotel de Pega PegaDe Luísa Sonza a Ana Hickmann: Veja as mansões de dez famosos brasileiros

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?