Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NOVA TEMPORADA

'Não há um dia em que não fique angustiada', diz Nadja Haddad sobre Bake Off

Divulgação/SBT

Nadja Haddad apresenta o Bake Off Brasil, no SBT, e sofre por não poder ajudar participantes - Divulgação/SBT

Nadja Haddad apresenta o Bake Off Brasil, no SBT, e sofre por não poder ajudar participantes

FERNANDA LOPES

Publicado em 9/8/2019 - 4h31

Nadja Haddad é apresentadora do Bake Off Brasil, mas queria ser muito mais. Durante as provas do reality, ela gostaria de atuar como conselheira, ajudante e amiga, mas sofre por não poder interferir na dinâmica. A quinta temporada do programa estreia neste sábado (10) no SBT, e Nadja confessa que sente muita angústia nas gravações.

"Todo dia, toda hora sinto vontade de ajudar. Eu realmente me envolvo com a história de cada um. Não poder ajudar percebendo que algum deles [participantes] está indo por um caminho que não vai ter sucesso, isso me dá muita angústia. Eu compreendo que é um reality show, mas também compreendo que ali são vidas, são sonhos. Não há um dia em que eu não fique angustiada por não poder falar", confessa.

"Muitas vezes eu sei que não deveria, mas não me seguro, eu choro. Peço desculpas sempre pra direção, porque me coloco no lugar do participante que está ali. Então acabo chorando com eles, não tem jeito", diz a apresentadora.

Nadja diz que, em determinados momentos, o diretor até pede que ela fique um pouco afastada dos confeiteiros, para não interferir. Mesmo sem poder falar, ela já estabeleceu uma forma de se comunicar com os participantes só pelo olhar. 

"Faz parte do programa, do aprendizado de cada participante entender esses sinais. A gente aprende a se comunicar pelo olhar. Eu brinco que estou lendo os balõezinhos de pensamento na cabeça dos participantes, e eles acabam lendo os meus também", diverte-se.

Esta será a segunda temporada de Nadja à frente do Bake Off, reality em que pessoas sem formação em Gastronomia ou Confeitaria participam de provas técnicas e criativas em busca do título de melhor confeiteiro amador do Brasil.

A apresentadora, que já foi repórter e âncora de telejornal, diz que se encontrou no entretenimento e quer seguir sua carreira nessa área. Para ela, o Bake Off traz resultados positivos para sua vida e para a audiência do SBT porque, além de divertir, é um reality que transmite boas relações humanas.

"É o único programa [culinário] que tem como base o respeito ao ser humano. Não é um programa em que os jurados colocam participantes pra baixo, que humilham, pelo contrário. Um reality que trata de sobremesa não pode ser duro, ríspido. E nós três [ela e os jurados Beca Milano e Olivier Anquier] temos uma relação de amizade muito saudável, isso transparece pra quem está assistindo", acredita.

A quinta temporada do Bake Off Brasil irá ao ar todo sábado, às 22h30, no SBT.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?