Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

CNN PRIME TIME

Márcio Gomes entrega que primeiro piloto na CNN Brasil deu errado: 'Problemas'

REPRODUÇÃO/CNN BRASIL

Márcio Gomes em live para a CNN Brasil nesta sexta-feira (6) no Facebook

Márcio Gomes em live para a CNN Brasil nesta sexta-feira (6) no Facebook; jornalista teve problemas com piloto

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 6/11/2020 - 22h23

Márcio Gomes gravou nesta sexta-feira (6) o primeiro piloto do CNN Prime Time, que comandará na CNN Brasil a partir de segunda-feira (9). Mas a gravação do telejornal do ex-funcionário da Globo teve contratempos com o cenário e com a equipe. "Tivemos que solucionar problemas e ter novas ideias", entregou o profissional.

Em live para o perfil da CNN Brasil no Facebook, realizada nesta sexta-feira, Gomes conversou com internautas e telespectadores sobre os preparativos para sua estreia e entregou os imprevistos que surgiram.

"Hoje a gente fez o primeiro piloto. Era para ter 1h30 de duração e teve 15 minutos. Estou sendo sincero com vocês. Na hora de fazer um piloto, você tem novas ideias, aí zera tudo e começa tudo de novo", entregou.

"Para vocês terem noção, o piloto é aquela hora que você testa os enquadramentos e conhece o cenário. Eu não conhecia o cenário ainda. O cenário que a gente vai ter é muito grande, é confortável, tem uma bancada bonita, é bem espaçoso. Vamos ter dois telões para trabalhar, jogar as ilustrações e explicar melhor os assuntos", adiantou.

Apesar do piloto do Prime Time ter resultado em 15 minutos de conteúdo, o apresentador relatou se sentir animado com a nova empreitada. "É divertido e tão empolgante fazer alguma coisa praticamente do zero, porque é um jornal que não existe ainda. E [trabalhar] com uma equipe jovem, eu me sinto muito jovem também. Sinto essa empolgação de pensar tudo de novo, repensar a forma de transmitir a informação. A ansiedade está a mil", confessou.

De acordo com Gomes, seu noticiário na CNN será um respiro entre as atrações mais analíticas na programação do canal. "A nossa ideia é ser um telejornal. 'Ah, mas num canal de notícias, que coisa óbvia'. Os outros programas que a gente tem na grade, claro, são jornais noticiosos. Mas o forte desses jornais é a análise. Tem vários analistas que comentam a fundo a informação", considerou.

"A ideia do nosso programa às 18h é começar a empacotar e entregar para você em casa as notícias do dia, o que aconteceu pela manhã e tarde. Fazer um resumo dessas notícias. Claro, com análise, mas uma análise direta e objetiva", esclareceu.

Gomes pediu demissão da Globo em 19 de outubro para assinar com a CNN Brasil por quatro anos. Para seu novo público, o profissional considerou a mudança como um "belíssimo recomeço de carreira". "Definitivamente não foi fácil trocar. Nunca é fácil depois de 24 anos de trabalho num lugar. Eu tenho filhos e ainda preciso trabalhar. Eu amo meu trabalho, mas eu preciso trabalhar também", confidenciou.

"Foi um convite tão especial. De conhecer gente nova, de poder fazer uma coisa nova num lugar novo. Tudo isso te dá um gás, que você não faz ideia", finalizou.

Confira live com Márcio Gomes na CNN Brasil:


Leia também

Web Stories

+
De vício em games a indicação ao Emmy: Como estão os atores de A ViagemVômito, narrador ridículo e ‘xerecada’: Cinco momentos engraçados das OlimpíadasBárbara, Kelvin e Medina: Atletas brasileiros se envolvem em tretas nas OlimpíadasAna ou Manuela? Saiba quem fica com Rodrigo no final de A Vida da GenteComo Rayssa Leal e Douglas Souza: Cinco atletas das Olimpíadas que você deve seguir

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Qual a melhor cobertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio?