NO FOFOCALIZANDO

Marcão do Povo volta a atacar Ludmilla na TV: 'Difamou minha pessoa'

Reprodução/SBT

O apresentador Marcão do Povo durante o Fofocalizando desta terça-feira (21): triturou Ludmilla - Reprodução/SBT

O apresentador Marcão do Povo durante o Fofocalizando desta terça-feira (21): triturou Ludmilla

REDAÇÃO - Publicado em 21/05/2019, às 16h21

O apresentador Marcos Paulo Ribeiro Morais, o Marcão do Povo, voltou a atacar a funkeira Ludmilla na TV nesta terça-feira (21). Ele, que foi demitido da Record em janeiro de 2017 depois de chamar a cantora de "macaca", falou sobre o caso durante participação no Fofocalizando e a criticou abertamente. "Ela difamou minha pessoa, e isso eu não admito", disse.

Marcão foi escalado para a estreia de um novo quadro do programa de fofocas, o Tritura ou Não Tritura Especial, em que artistas precisam avaliar se vão destruir ou não dez pessoas famosas. Uma espécie de Pra Quem Você Tira o Chapéu, que faz sucesso no Programa Raul Gil, remodelado.

Entre as várias celebridades que o apresentador decidiu triturar, estava Ludmilla. Ele e a funkeira viraram notícia no início do ano retrasado, depois que ele usou o termo racista para se referir à ela. Para Marcão, tudo não passou de um mal-entendido.

"Quando eu recebi um convite para um programa em rede nacional, soltaram aquele vídeo, que foi reeditado. E aí publicaram que um apresentador da Record chamava Ludmilla de 'macaca'. Eu nunca faria isso. Uma pessoa que veio da roça, que jamais ofendeu ninguém, que nunca denegriu ninguém", disse ele, usando o termo "denegrir", também considerado racista, em sua defesa.

"O problema foi a maneira como ela interpretou minha fala. Ela poderia consultar os advogados dela, consultar o Código Penal, consultar o Google... Você pesquisa o que é 'pobre macaco' e vai ver que é uma expressão muito usada na região Centro-Oeste do país, em todo lugar", justificou Marcão, comparando sua fala com outra expressão "macaco velho", sobre uma pessoa experiente.

Léo Dias e Lívia Andrade, amigos de Ludmilla, reclamaram abertamente da justificativa de Marcão e tomaram as dores da funkeira. Léo, inclusive, chegou a ser processado pelo apresentador por ter divulgado os comentários racistas. Frustrado, ele chegou a ameaçar pedir demissão.

"Se eu inventei, se eu menti, se eu caluniei [a Ludmilla], eu pego minhas coisas e vou embora. Eu sou macho", afirmou. "Jamais ofendi ela. E ela, sem entender, saiu difamando minha pessoa, por isso eu vou triturá-la."

"Eu não fiz uma coisa errada. Eu vou triturar porque cheguei em casa e vi minha família chorando, sem saber para onde eu ia e o que eu ia fazer", desabafou o âncora, que divide o comando do Primeiro Impacto com Dudu Camargo.

Após a decisão de Marcão, cabia aos apresentadores do Fofocalizando triturarem a foto da celebridade avaliada. Lívia, no entanto, se recusou a destruir a imagem de Ludmilla, e passou a responsabilidade para o próprio Ribeiro Morais, que não se furtou de seguir em frente com o ato, usando, novamente, o verbo "denegrir".

"Léo, queria dizer que eu topo, a qualquer momento, estar com ela pessoalmente. Gostaria de pegar na mão, abraçá-la e pedir desculpa, porque ela interpretou errado e eu não gosto de denegrir ninguém", finalizou.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook