Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NO PAPO DE SEGUNDA

Luciano Huck detona governo de Bolsonaro: 'Não tem capacidade de execução'

REPRODUÇÃO/GNT

Luciano está sentado, olha para o lado, usa camiseta preta e está na frente de uma parede com quadrados pretos e laranjas

Luciano Huck durante participação no Papo de Segunda, exibido no GNT na segunda (7)

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 8/6/2021 - 6h40

No Papo de Segunda, do GNT, Luciano Huck criticou o governo de Jair Bolsonaro --apesar de não citar diretamente o nome do presidente. "A gente tem um governo que não tem capacidade de execução, as coisas vão ficando pelo caminho", disparou o marido de Angélica no programa exibido na segunda (7).

Em outro trecho, ao comentar sobre o lançamento de seu documentário 2021: O Ano Que Não Começou --produção que tem como foco temas como desigualdade e educação na pandemia--, o comunicador voltou a criticar o atual governo.

"Esse negacionismo todo que a gente tem vivido nos cega um pouco na questão de procurar as coisas. A gente ouve os absurdos que tem por aí e fica em estado de choque", completou.

Huck cogitou disputar as Eleições de 2022 e enfrentar Bolsonaro pelo cargo de presidente. No entanto, o apresentador voltou atrás, renovou seu contrato com a Globo e deve substituir Fausto Silva nos domingos da emissora.

Durante a entrevista, o apresentador também deixou suas considerações a respeito da desplataformização --que tem como objetivo banir usuários que utilizam de forma inadequada as redes sociais. 

"Uma das maiores conquistas que a gente tem na sociedade moderna é a democracia. É uma conquista muito importante. As redes sociais nasceram de uma coisa meio disruptiva. Elas nascem da não regulação, mas chegou um momento em que a não regulação começou a gerar ameaças a democracia." 

O comunicador ainda usou como exemplo o caso de Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos, que costumava utilizar as redes para propagar mensagens maliciosas e violentas. "O Trump incentivou a violência, agrediu a democracia, fez várias coisas criminosas. Tudo isso que a gente sabe. Então sim, acho legitimo banir das redes sociais quem tá fazendo mal para a sociedade como se estivesse assaltando, roubando", opinou.

Assista um trecho da entrevista a seguir:

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Gui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?Quanto Mais Vida, Melhor enfrentou perrengues mesmo antes de estrear; conheça a trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas