Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

EVENTO BILIONÁRIO

Globo monta Operação Catar e terá 100 profissionais na Copa do Mundo

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Galvão Bueno com uma blusa azul e calça marrom, em um fundo cinza, sorrindo para a câmera em uma foto divulgada pela Globo

Galvão Bueno é um dos profissionais que estará no Catar para a cobertura da Copa do Mundo

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 10/3/2022 - 6h30

A Globo começou o planejamento para a cobertura da transmissão dos 56 jogos ao vivo da Copa do Mundo do Catar, que será realizada entre os meses de novembro e dezembro. Salvo alguma mudança de última hora por conta da Covid-19, a emissora planeja ter mais de 100 profissionais no local do evento. Será sua segunda grande cobertura desde o início da pandemia, em março de 2020.

A lista com os profissionais e diretores que vão viajar só será fechada em maio. Dessa vez, executivos vão acompanhar a equipe, algo que não aconteceu durante os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2021. Galvão Bueno, principal narrador da Globo, é um nome certo para ir ao Catar.

Segundo apurou o Notícias da TV,quem também estará por lá é Eric Faria. O jornalista será enviado como correspondente seis meses antes para apresentar o país-sede da competição. Ele fará reportagens especiais para os jornalísticos da Globo e produzirá conteúdo para os programas esportivos da emissora.

Com Eric Faria, estarão o produtor Victor Pozella, que acompanha a Seleção Brasileira com frequência, e o cinegrafista Marcelinho Bastos. Uma das missões do trio será produzir uma série de reportagens para o Jornal Nacional e apresentar os investimentos do Catar para receber o torneio mais importante do futebol mundial. 

Na Copa em si, Eric Faria vai acompanhar a equipe treinada por Tite, como já faz nas Eliminatórias. A emissora vai manter o esquema de transmissão que adota com Mundial de futebol masculino desde 1998, quando a competição passou a ser disputada por 32 seleções.

Serão 56 jogos ao vivo na programação e outros oito em gravação exibida na madrugada, porque os duelos decisivos dos grupos na última rodada acontecem no mesmo horário. A emissora pretende faturar alto com o Mundial. A projeção é de R$ 1,2 bilhão. A prioridade para compra de seis cotas publicitárias é de marcas parceiras da Fifa.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.