Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

AMIGAS DE VERDADE?

Globo entra em conflito e se estressa com Conmebol por final da Libertadores

DIVULGAÇÃO/FLAMENGO

Gabibol e Bruno Henrique vibram com gol do Flamengo no Maracanã na semifinal da Libertadores

Gabigol e Bruno Henrique, do Flamengo: time vai jogar final da Libertadores da América

GABRIEL VAQUER, colunista

vaquer@noticiasdatv.com

Publicado em 16/11/2021 - 17h41

A Globo e a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) estão em conflito por causa de credenciais para a cobertura das finais da Libertadores e Copa Sul-Americana, que vão acontecer no Uruguai. A entidade não aprovou o envio de tantos profissionais quanto a emissora gostaria para cobrir o evento, o que causou reclamação.

A Conmebol, como é de praxe, vai privilegiar as donas dos direitos de transmissão dos jogos, principalmente na Libertadores. SBT e Disney vão enviar, cada uma, pelo menos 30 profissionais do Brasil entre jornalistas, comentaristas, repórteres, produtores e executivos convidados.

Segundo apurou o Notícias da TV, a Globo não esperava ter o mesmo número de credenciais que os detentores dos direitos de transmissão. Mas até semana passada, o número era bem menor do que outros veículos conseguiram. A emissora reclamou formalmente à Conmebol, que ficou irredutível.

A Globo vai fechar nesta semana seu esquema de programação e cobertura da Libertadores da América, entre Flamengo e Palmeiras. O maior foco será no SporTV, seu canal esportivo na TV paga, que terá programação de dia normal no sábado (27).

Outra reclamação da Globo foi em relação à final da Copa Sul-Americana, entre Athletico-PR e Red Bull Bragantino, no próximo sábado (20). Por ser exclusiva da Conmebol TV, o pay-per-view operado pela Band em parceria com Claro e Sky, esperava-se uma maior flexibilidade.

No entanto, jornalistas da RPC TV, afiliada da Globo no Paraná, também tiveram credenciamento rejeitado, o que impedirá uma cobertura robusta de um possível título do Athletico-PR. A Globo também teve dificuldades para enviar um repórter paulista para acompanhar o dia a dia do Red Bull Bragantino.

O fato mostra que Globo e Conmebol não estão totalmente acertadas nos bastidores. No mês passado, as partes chegaram a um acordo sobre a rescisão de contrato dos direitos de transmissão da Libertadores durante o auge da pandemia do coronavírus, em 2020.

Agora, a emissora pode entrar na disputa pelo principal torneio de clubes da América do Sul e pela Copa Sul-Americana a partir de 2023. Mesmo com a paz selada, a Globo sofre o que outras emissoras sofriam para credenciamento quando os direitos da competição eram seus.


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.