Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SUCESSO COMERCIAL

Globo define estreia do novo Mestre do Sabor e coloca chefs no É de Casa

Samuel Kobayashi/TV Globo

Claude Troisgros e Batista abraçados e sorridentes no cenário do reality show Mestre do Sabor

Claude Troisgros e Batista abraçados no Mestre do Sabor; reality retorna à Globo para 3ª temporada

PIERO VERGÍLIO

pierovergilio@gmail.com

Publicado em 20/12/2020 - 7h05

Sucesso comercial em 2020, o reality show Mestre do Sabor já tem data para estrear a terceira temporada na Globo: 6 de maio de 2021. A nova edição ficará no ar durante 12 semanas, com encerramento previsto para 12 de julho, e trará algumas novidades no formato. Para aumentar a exposição do reality culinário, os chefs participarão semanalmente do É de Casa.

A renovação do programa está atrelada ao bom desempenho comercial do reality comandado por Claude Troisgros. Na edição deste ano, marcas como Seara, Santander e a cerveja Eisenbahn adquiriram as cotas da atração.

Como uma estratégia para atrair as marcas, a emissora alega que, em sua segunda temporada, o programa quebrou todos os recordes. De acordo com projeções de seu Atlas de Cobertura, a Globo informa que 102 milhões de pessoas foram alcançadas apenas com a exibição na TV aberta.

Além disso, afirma que a temporada que consagrou o chef Dário Costa se encerrou com mais de 90% de aprovação do público --sem, no entanto, revelar a origem desse dado. 

Divisão das cotas

Para 2021, a Globo promete ainda mais relevância para o Mestre do Sabor. Inicialmente, sete cotas de patrocínio foram disponibilizadas. Elas estão divididas em três grupos: Mestre (duas), Chef (três) e Entrada (duas).

O modelo mais completo é o Mestre, que dá ao patrocinador o direito de um maior número de inserções nas diferentes plataformas em que o reality será veiculado (Globo, GNT e internet).

As cotas Chef, por sua vez, dão direito a um número intermediário de inserções, além da possibilidade de licenciamento e participação no Kit do Mestre, vantagem também oferecida aos patrocinadores que adquirirem o modelo principal.

Por meio desta ação, a Globo pretende convocar um time de influenciadores digitais que terão a missão de gerar buzz sobre o programa nas redes sociais, com o objetivo de aguçar a curiosidade do público. Eles vão, por exemplo, mobilizar a audiência para a estreia. Também está previsto que os influenciadores contratados recebam um kit com produtos exclusivos da marca, que devem ser promovidos em seus perfis.

Já o modelo Entrada dá a oportunidade de a marca se associar ao Mestre do Sabor com breaks e conteúdos digitais.

Além disso, os patrocinadores serão envolvidos em ações diferenciadas para divulgar o programa (veja abaixo). O plano comercial ao qual o Notícias da TV teve acesso, no entanto, não revela os valores do investimento.

Mais exposição para as marcas

A emissora destaca algumas ações exclusivas para as empresas que adquirirem a cota Mestre. Entre essas iniciativas, está a veiculação de chamadas especiais uma semana antes da estreia, que revelarão spoilers para os telespectadores. As peças contarão com a assinatura da marca.

O patrocinador poderá oferecer um prêmio extra ao vencedor do programa, além dos R$ 250 mil previstos no regulamento. Essa bonificação poderá ser divulgada ao longo da temporada.

Como um esquenta para a grande final, a Globo vai promover um encontro entre os campeões das temporadas anteriores. Eles irão se reunir para conversar sobre suas experiências no programa e preparar pratos especiais, numa iniciativa exclusiva para o GNT --canal em que o programa também é exibido após ir ao ar na Globo.

Finalmente, os candidatos estarão semanalmente no É de Casa. Caso a participação presencial seja inviável, eles vão produzir um vídeo com sugestões de pratos, que serão replicados na bancada do programa com produtos do patrocinador.

Em meio a essas novidades, o elenco do reality não muda. Claude Troisgros e Batista seguem no comando, e Monique Alfradique continua responsável por explicar as provas e ações de merchandising. No júri, os times continuam coordenados pelos chefs Kátia Barbosa, Leo Paixão e Rafael Costa e Silva --que, na edição passada, substituiu José Avillez às pressas. O português teve de retornar ao seu país de origem por conta da pandemia da Covid-19.


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?