Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

FALTARAM DE NOVO

Globo critica boicote de Lula e Bolsonaro: 'Deixa de oferecer informação'

REPRODUÇÃO/GLOBONEWS

Imagem de Natuza Nery na Central das Eleições, da GloboNews

Natuza Nery na Central das Eleições, da GloboNews; jornalista criticou ausência dos políticos

ERICK MATHEUS NERY

erick@noticiasdatv.com

Publicado em 25/7/2022 - 19h34
Atualizado em 25/7/2022 - 19h42

A Globo criticou o boicote de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro à segunda rodada de entrevistas com candidatos à presidência da República. Nesta segunda (25), no início do especial Central das Eleições, a jornalista Natuza Nery recordou os convites feitos aos políticos e afirmou que, graças a estas respostas negativas, eles "deixam de oferecer informação" aos eleitores.

"Quando um candidato opta por não participar de uma entrevista, deixa de oferecer a você, eleitora e eleitor, o que é essencial em uma democracia: a informação. A nós, jornalistas profissionais, cabe fazer perguntas com isenção, com independência, que interessam ao público, para que ele possa se preparar para o momento do voto", destacou a jornalista  no início do programa exibido na GloboNews, no Globoplay e no g1.

Por causa do cano de Lula e Bolsonaro, a Central das Eleições contará apenas com as entrevistas de Simone Tebet (MDB), André Janones (Avante) e Ciro Gomes (PDT), nesta ordem.

Os líderes nas pesquisas também haviam ignorado os convites para as sabatinas conduzidas por Renata Lo Prete no podcast O Assunto, no mês passado.

Conforme antecipado pelo Notícias da TV, existe um temor na Globo que os políticos não aceitem ser entrevistados pelo Jornal Nacional, em programas previstos para serem exibidos a partir de 22 de agosto. Caso eles não compareçam, uma tradição de 20 anos do principal noticiário do país será quebrada.


Leia também

Enquete

Qual o personagem mais chato de Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.