HAJA CORAÇÃO

Galvão Bueno revela frustração por não ter narrado história de Guga na TV

DIVULGAÇÃO/SPORTV

Galvão Bueno no Grande Círculo: com 35 anos de carreira, frustração por não ter narrado vitórias de Guga - DIVULGAÇÃO/SPORTV

Galvão Bueno no Grande Círculo: com 35 anos de carreira, frustração por não ter narrado vitórias de Guga

GABRIEL VAQUER - Publicado em 25/04/2019, às 05h30

Entrevistado do programa Grande Círculo deste mês de abril no SporTV, Galvão Bueno confessa que tem uma frustração em sua extensa carreira de narrações esportivas: não ter feito transmissões de toda a saga do tenista Gustavo Kuerten, que ganhou três vezes o torneio de Roland Garros, um dos quatro Grands Slams de tênis.

"Me faltou o Guga. Eu fiz uma transmissão dele nas Olimpíadas de 2000, mas me faltou fazer a saga do Guga, a história dele inteira", confessou o narrador, que completa 35 anos de carreira no jornalismo em 2019. 

Gustavo Kuerten não teve títulos narrados por Galvão porque a Globo não tinha os direitos de transmissão de Roland Garros. Nos anos 1990, a empresa Koch Tavares repassava-os para a extinta Manchete, que exibiu o título do tenista em 1997. 

Além do Grand Slam, a Manchete transmitiu jogos do atleta brasileiro em outros torneios até o seu fechamento, em 1999 --sua última atração exibida, no dia 10 de maio daquele ano, foi justamente um jogo de Guga em Garros. Na TV paga, ainda com pouca penetração no Brasil, o torneio de tênis era integrante da grade da ESPN Internacional. 

Além do incômodo por não ter narrado Guga na TV, Galvão levou todo o estúdio ao choro ao lembrar da cobertura da Olimpíada do Rio de Janeiro, em 2016. Ele se emocionou ao falar de histórias que ocorreram durante a realização do evento.

Band e ESPN na Globo

A sabatina com o narrador marca um momento inédito: o convite da Globo a Paulo Soares, o Amigão da ESPN Brasil, e Renata Fan, da Band, para fazerem parte da bancada. Tanto ESPN quanto Band liberaram os profissionais para a gravação, realizada nos estúdios da emissora em São Paulo. 

Milton Leite (apresentador do programa), Gustavo Villani, Sidney Garambone (que substituiu de última hora Marcos Uchôa), Tino Marcos e Sérgio Rodrigues também participaram da entrevista.

Esse será um teste para edições futuras de Grande Círculo que, até então, contava apenas com contratados do Grupo Globo. A ideia é fazer uma espécie de Roda Viva esportivo e, como acontece no programa da TV Cultura, convidar nomes de outros veículos. 

Além da exibição no SporTV neste sábado (27), a entrevista com Galvão Bueno será exibida de forma compacta no Esporte Espetacular, no dia seguinte.

Galvão Bueno tem contrato com a Globo até o fim de 2022, depois Copa do Mundo do Qatar, prevista para novembro e dezembro. Ele ainda não sabe se irá cobrir o Mundial como narrador ou em outra função, mas, para amigos próximos, tem dito que está se sentindo bem para continuar irradiando as partidas da seleção.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu casal favorito no Power Couple?

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook