Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

MARINA LIBERATO

Filha de Gugu Liberato quer fazer um filme sobre a vida do apresentador

Divulgação/Record

João Augusto e as gêmeas Marina e Sofia, filhos de Gugu Liberato

João Augusto, Marina e Sofia; filhos de Gugu Liberato relembraram pai em entrevista á Record

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 5/4/2021 - 18h25

Marina Liberato, filha de Gugu Liberato (1960-2019) revelou que tem intenção de produzir um longa-metragem para honrar o legado de seu pai como apresentador. "Eu penso em fazer um filme", revelou em entrevista ao lado de seus irmãos, João Augusto e Sofia, para o programa A Noite É Nossa, que vai ao ar na Record na próxima quarta-feira (7).

"Todo mundo fala que eu pareço muito com ele na maneira de falar. Eu sinto que, quando eu faço Stories [no Instagram], as pessoas reconhecem ele. [A morte do meu pai] Foi [algo] muito doloroso, porque hoje em dia eu penso: 'Podia ter feito aquela coisa com ele', e agora não dá mais para fazer isso", prosseguiu Marina, que tem 16 anos, assim como sua irmã gêmea.

João Augusto, de 19 anos, falou sobre os planos de seguir os passos do pai na televisão: "Eu também tenho esse desejo de, no futuro, fazer o que ele fazia. Seria um programa no estilo dos que ele apresentava. Eu via meu pai entrando no palco e meu coração ia a mil. Adorava estar ali e vê-lo apresentando", afirmou.

Sobre a morte precoce de Gugu, João refletiu: "Eu tive que mostrar para as minhas irmãs que temos que ser fortes e continuar em frente. Toda vez que acontece alguma coisa, eu quero muito contar para ele, mas não dá. Se ele estivesse vivo, estaria acompanhando toda essa minha jornada na faculdade, ia ver eu ter filhos no futuro. E eu não tenho mais isso. Então, isso dói".

Já Sofia, que também busca seu caminho como artista, comentou sobre um costume entre pai e filha que foi interrompido: "Sempre quando acabava [uma pintura], eu tirava foto e mandava para ele. Quando ele se foi, eu tinha acabado de terminar uma. Daí eu mandei, só por mandar. só que eu sabia que ele não ia poder responder".

Os filhos também falaram sobre manias de Gugu Liberato. "Ele odiava que a gente usasse celular no restaurante e ficava muito bravo, porque era um tempo em família, sabe?", contou João. Marina completou: "Quando a gente chegava no restaurante, ele já falava logo: guarda o celular. E a gente deixava os celulares todos no cantinho".

A entrevista dos filhos do apresentador ao A Noite É Nossa ocorre na semana em que Gugu completaria 62 anos. Ele morreu em 21 de novembro de 2019, em decorrência de uma queda acidental de cerca de quatro metros de altura em sua casa nos Estados Unidos, quando fazia um reparo no ar-condicionado do sótão.

A família planeja o lançamento da Rede Gugu de Boas Notícias, projeto que reativará as redes sociais de Gugu para transformá-las em um portal de boas notícias para inspirar as pessoas. A ideia é publicar uma novidade positiva diariamente, ao longo de 365 dias.


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e confira o nosso boletim diário com os principais destaques do dia

Prêmio NTV Melhores do ano


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Gui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?Quanto Mais Vida, Melhor enfrentou perrengues mesmo antes de estrear; conheça a trama

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas