Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

ACIDENTE DOMÉSTICO

Laudo médico diz que Gugu Liberato morreu um dia antes da divulgação oficial

REPRODUÇÃO/RECORD

Gugu Liberato no palco do reality show Canta Comigo

Laudo diz que Gugu Liberato morreu em 21 de novembro, um dia antes da data informada por sua assessoria de imprensa

REDAÇÃO

Publicado em 30/12/2019 - 19h21

O laudo médico oficial da morte de Gugu Liberato (1959-2019) foi liberado pelo Estado da Flórida (EUA) para consulta pública e aponta um detalhe omitido pela assessoria do apresentador: ele morreu no dia 21 de novembro, um dia antes da data anunciada por seus porta-vozes. O documento foi obtido com exclusividade pelo jornal O Estado de S.Paulo.

O laudo expedido pelo hospital Orlando Health Medical Center traz detalhes sobre os impactos provocados pelo acidente doméstico que culminou em sua morte. Diz que ele sofreu "contusões na cabeça e pescoço, com equimose periorbital à direita. Hemorragia subaracnóide, fraturas do osso parietal direito, fraturas na têmpora direita, hematomas subdurais bilaterais".

O impacto da queda do sótão de sua residência, em Orlando, foi tão forte que afetou outras partes de seu corpo. O laudo afirma que Gugu Liberato sofreu contusões "na parte superior direita do tórax, parte lateral direita do tórax, parte superior esquerda do tórax e parte lateral esquerda do tórax e centro do tórax", além de "fratura na primeira vértebra lombar" e "contusões na coxa anterior esquerda".

Também foi realizado o exame toxicológico no corpo de Gugu, que resultou como negativo para substâncias como etanol, acetona, metanol, isopropanol, anfetaminas, barbitúricos, benzodiazepinicos, buprenorfina, canabióides, opioides, metabolito de cocaína e fentanil.

Embora o apresentador tenha sofrido diversos prejuízos físicos com a queda, o perito Joshua D. Stephany, que assina o documento, afirma que a causa da morte foi traumatismo craniano. 

"Em consideração às circunstâncias que cercam sua morte, e após exame do corpo, análise toxicológica e revisão da avaliação dos registros médicos, é minha opinião que a morte de Antonio Liberato, homem branco de 60 anos, que caiu através do teto de seu sotão para o chão e foi transportado para o hospital na sequência, é resultado de um traumatismo craniano", diz o documento.

O apresentador sofreu um acidente doméstico em 20 de novembro, em Orlando, nos Estados Unidos, onde morava. A morte foi confirmada dois dias depois pela assessoria do artista. Ele sofreu uma queda acidental de cerca de quatro metros em sua casa quando fazia um reparo no ar-condicionado do sótão.

Prêmio NTV Melhores do ano

TUDO SOBRE

Gugu Liberato

Leia também

Enquete

Quem foi o melhor ator ou atriz de novela do ano?

Web Stories

+
Mansão nova, presença VIP e publis: Saiba tudo sobre a carreira de Deolane BezerraÚltima temporada de La Casa de Papel: Após o fim, série já tem spin-off confirmadoFicção virou realidade: Casa de Esqueceram de Mim é aberta ao público; veja fotosDivórcio, tragédia e treta: 5 notícias que peões de A Fazenda 13 não sabemJuan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do ator

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas