TALK SHOW

Fábio Porchat rescinde contrato, mas negocia continuar na Record

Edu Moraes/Record TV

Fabio Porchat em gravação de entrevista com Xuxa Meneghel para seu programa, no mês passado - Edu Moraes/Record TV

Fabio Porchat em gravação de entrevista com Xuxa Meneghel para seu programa, no mês passado

DANIEL CASTRO - Publicado em 01/10/2018, às 17h47 - Atualizado às 21h15

O humorista Fábio Porchat decidiu rescindir seu atual contrato com a Record e abrir a negociação de um novo. Ele comunicou sua decisão à emissora na tarde desta segunda-feira (1º). Porchat tem vínculo com a Record até dezembro de 2019, mas uma cláusula permite que ele antecipe a rescisão. Seu Programa do Porchat deve ficar no ar até o final do ano.

No comunicado, Porchat manifestou o interesse de continuar na Record, mas em condições diferentes das atuais. Ele entregou uma pauta de reivindicações da emissora, que vão de maior liberdade editorial a questões técnicas, como esquema de produção.

Tecnicamente, o atual contrato do apresentador está rescindido. A partir de janeiro de 2019, se não houver um novo acordo, a Record não tem mais obrigação com ele e vice-versa.

Especula-se nos bastidores da Record que a atitude de Porchat tenha sido um lance ousado de se lançar no mercado. Agora, ele pode negociar com outras emissoras e canais pagos e também conseguir um melhor acordo com a Record.

Porchat estreou na Record em 22 de agosto de 2016, com a primeira entrevista concedida por Sasha Meneghel. Depois, chamou a atenção ao envolver seus convidados em brincadeiras nada tradicionais, como colocar Maitê Proença para limpar privadas e Carolina Ferraz para saborear comidas com trocadilhos no nome.

O Programa do Porchat não é exatamente um sucesso, mas tem certo prestígio. Deu 4,3 pontos na Grande São Paulo em setembro, mês em que recebeu os grandes nomes da história da Record, como Carlos Massa, o Ratinho, Eliana Michaelichen, Raul Gil e Xuxa Meneghel _na conversa com a loira, chegou a superar os rivais Danilo Gentili e Pedro Bial em audiência na Grande São Paulo.

Em abril deste ano, Porchat chorou ao entrevistar Jô Soares. "É o dia mais importante da minha vida", definiu ao se sentar no sofá com o apresentador que consolidou o formato do talk show no Brasil. Jô retribuiu o carinho: "Não dou entrevista para qualquer um, fiz questão de estar aqui", valorizou.

O humorista não esconde o desgaste provocado por sua atração diária. Em agosto do ano passado, Porchat falou ao Notícias da TV que o ano em que esteve no ar exigiu tanto dele que dava a sensação de que cinco anos haviam se passado.

"É uma loucura. É muito mais trabalho do que eu imaginei que ia ser, porque exige muito. Estou envolvido em tudo, faço a redação final, tô na produção, vendo convidado, tô em todas as áreas. O programa me toma um tempo muito maior do que achei que tomaria. Mas estou feliz porque está do jeito que eu gosto, eu me divirto assistindo e fazendo", contou.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Que destino Fabiana deve ter em A Dona do Pedaço?
Morrer, essa aí é tão mau-caráter que não tem salvação
15.22%
Ir para a cadeia e pagar por todas as maldades que cometeu
42.86%
Virar boazinha e ajudar Maria da Paz a derrotar Josiane
13.40%
Voltar para o convento de onde nunca deveria ter saído
28.52%

Últimas notícias

Notícias da TV
Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook