Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

POLÍTICA

Datena entrevista Bolsonaro mesmo após dizer que não queria

REPRODUÇÃO/FACEBOOK

O apresentador José Luiz Datena apontando para a câmera

O apresentador José Luiz Datena em foto publicada no seu perfil no Facebook

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 15/12/2020 - 18h15

O apresentador José Luiz Datena entrevistou o presidente Jair Bolsonaro na tarde desta terça-feira (15), durante o Brasil Urgente, na Band. Em maio deste ano, após a divulgação do vídeo de uma reunião ministerial cheia de palavrões, no qual a emissora foi citada, o jornalista disse que não queria entrevistar o político novamente.

"De preferência, eu não quero mais entrevistar o presidente da República depois de uma atitude dessa. Eu gostaria que ele desse entrevista pra quem ele quisesse, com todo respeito que tenho por ele, pelo cargo dele, eu me permito nunca mais fazer uma entrevista com ele", afirmou Datena, ao vivo no Brasil Urgente, na ocasião.

Na época, a Band foi mencionada numa reunião ministerial pelo presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, que disse que representantes da emissora lhe pediram dinheiro.

"Hoje de manhã, o pessoal da Band queria dinheiro. O ponto é o seguinte, vai ou não vai dar dinheiro pra Bandeirantes? Não vai dar dinheiro pra Bandeirantes? Passei meia hora levando porrada, mas repliquei. E falei: 'Olha, vocês estão em casa? Eu tenho 30 mil funcionários na rua. Não tem esse negócio, essa frescurada de home office'", disse Guimarães no vídeo, divulgado pelo ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal).

Datena havia solicitado uma entrevista com o presidente um dia antes, mas Bolsonaro teria rejeitado justamente por "medo" da divulgação dos vídeos, segundo o apresentador. "Eu me permito deixar a Band escolher outros repórteres e apresentadores para entrevistá-lo", disse.

REPRODUÇÃO/BAND

Datena durante o brasil urgente

Datena durante o Brasil Urgente desta terça

Mudou de ideia

Na entrevista desta terça, Datena questionou o presidente sobre o cronograma de vacinação contra Covid-19 no Brasil, a vitória de Joe Biden na eleição norte-americana e a questão envolvendo a Abin (Agência Brasileira de Inteligência) e o senador Flávio Bolsonaro.

"Eu sou totalmente contrário à vacina", afirmou Bolsonaro ao jornalista. "Enquanto não tiver uma vacina confiável, recomendo o tratamento precoce", reforçou. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), não existe medicamento que possa ser usado, de forma comprovada, como prevenção ou tratamento infalível contra o novo coronavírus.

A entrevista não passou despercebida pelos telespectadores, que lembraram a declaração de Datena no passado e o chamaram de hipócrita no Twitter. "Ué, Datena falou que nunca mais entrevistaria Bolsonaro.... Gente sem palavra", apontou a usuária Zora Pimentel.

Confira reações de telespectadores:


Leia também

Web Stories

+
Como Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de PantanalHarmonização facial e lente nos dentes: Veja antes e depois dos peões de A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?