CONTINUA NA BAND

Datena abre o jogo sobre candidatura para prefeito: 'Convidado eu fui, mas não aceitei'

REPRODUÇÃO/BAND

José Luiz Datena no comando do Brasil Urgente desta terça-feira (30)

José Luiz Datena abriu mão de se candidatar para prefeitura de São Paulo ao aparecer na Band hoje (30)

REDAÇÃO - Publicado em 30/06/2020, às 16h54

Na abertura do Brasil Urgente desta terça (30), José Luiz Datena confirmou que recebeu um convite do MDB para concorrer a prefeito de São Paulo neste ano, mas que recusou a proposta. Mais cedo, ao entrar no ar no programa de rádio Manhã Bandeirantes, ele desistiu mais uma vez de virar político e "voltou" para o seu trabalho no Grupo Bandeirantes.

"Eu não quis. Convidado eu fui, mas eu não quis. Eu preferi ficar na minha. As manchetes [mais cedo] colocaram 'Datena desiste da prefeitura'. Não é que eu desisti da prefeitura, eu nem entrei. Nem fui candidato, só dá pra desistir de uma coisa que você começou", falou o apresentador.

"Eu já desisti duas vezes, uma de senador [em 2018] e uma de prefeito [em 2016]. Essa eu não cheguei a entrar", soltou Datena. "Fez bem, assim você está pertinho da gente. Você pode ajudar mais as pessoas ainda falando aí no seu programa", opinou Cátia Fonseca, que estava interagindo com ele pelo telão.

"Quis ficar na Band, eu me sinto muito bem aqui. Nós vamos precisar de um prefeito muito competente e capaz por causa da pandemia, não pode ser uma pessoa inexperiente pra pegar a cidade depois de uma pandemia. Vamos esperar um prefeito competente", disse o comandante do Brasil Urgente.

A Band já tinha escalado Juliano Dip para o rádio e Joel Datena para a TV, caso Datena levasse a candidatura adiante. A ideia de abrir mão da eleição aconteceu após uma conversa que ele teve com família, amigos e Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes.

Segundo a legislação eleitoral, as pessoas que trabalham em meios de comunicação só poderiam aparecer na TV ou atuar em veículos como rádio até segunda-feira (29). "Como eu não quero me candidatar, eu já tô falando no rádio. Continuei seguindo minha vida", comentou ele mais cedo no programa da Rádio Bandeirantes.

O comunicador ainda tem uma chance de reavaliar a ideia. Para isso, no entanto, precisa da aprovação de um projeto de lei correndo na Câmara e no Senado Federal, que adia esse afastamento dos profissionais de veículos de mídia para agosto. Segundo fontes, a aprovação da medida é pouco provável.

Datena político

Em 11 de junho, José Luiz Datena anunciou que sairia candidato pelo MDB nas eleições municipais de São Paulo. Ele, porém, ainda não havia decidido se iria concorrer ao cargo de prefeito ou de vice-prefeito, na chapa de Bruno Covas, do PSDB. "Nunca roubei na minha vida. Posso não ser o melhor candidato, mas ladrão eu não sou", afirmou ele na ocasião.

As declarações foram feitas enquanto ele entrevistava o jornalista Leo Dias No Papo com Datena, o seu canal no YouTube. Questionado se voltaria a ser candidato neste ano, o âncora do Brasil Urgente respondeu: "No meio desse monte de coisa, eu tenho, na realidade, duas propostas: Uma, bem clara, de ser candidato a vice. Praticamente acordada", disse.

Em 2018, Datena chegou a anunciar sua candidatura ao Senado, mas acabou recuando por não ter experiência na política. Em 2016, quando era filiado ao PP, o apresentador também chegou a cogitar disputar a prefeitura, mas voltou atrás.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual é seu programa favorito gravado na quarentena?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook