AGORA É PARA VALER

José Luiz Datena desiste do Senado e volta ao Brasil Urgente: 'Não era a hora'

Reprodução/Band

O apresentador José Luiz Datena voltou a comandar o Brasil Urgente nesta segunda-feira (9) - Reprodução/Band

O apresentador José Luiz Datena voltou a comandar o Brasil Urgente nesta segunda-feira (9)

GABRIEL SOUZA e LUCIANO GUARALDO - Publicado em 09/07/2018, às 16h01

A novela sobre a possível candidatura de José Luiz Datena ao Senado ganhou um novo capítulo nesta segunda (9), quando o jornalista apresentou o Brasil Urgente na Band. Com sua aparição, ele oficialmente abre mão de sua carreira política _pelo menos, para o pleito deste ano, já que a Lei Eleitoral não permite que candidatos apareçam na TV depois de 30 de junho.

"Deixa eu falar uma coisa aqui. É claro que aparecendo na televisão como estou aparecendo agora fica eliminada qualquer possibilidade de eu ser candidato a qualquer cargo eletivo na República Federativa do Brasil", desabafou o apresentador logo na abertura do programa desta segunda.

"É claro que tomar decisão é uma coisa muito difícil, porque é extremamente solitário. Porque você ouve muita gente, mas quem decide é você. Dessa vez, eu cheguei tão perto, cheguei a ficar dois domingos sem trabalhar, estava realmente decidido a ser candidato ao Senado aqui em São Paulo, mas o problema de desistir é que às vezes você desiste tão perto de conseguir um objetivo."

"Me diziam: 'Você vai ter voto pra caramba', mas eu pensei bem, refleti, conversei com minha família, conversei muito com Deus, conversei com poucos amigos. Ouvi muitas opiniões e achei que ainda não era a hora. É a segunda vez que eu me proponho a ajudar o meu país, sem ser aqui no programa. Dessa vez, fui até longe demais. Talvez nunca chegue a hora de eu ser político um dia."

"Eu vou continuar na Band até o final do meu contrato, faltam dois anos e seis meses. não significa nada, porque eu iria continuar na Band de qualquer jeito. Eu tive aqui a promessa dos donos da emissora que depois das eleições, eleito ou não, eu estaria de volta aqui, não iria mudar muito, eu iria ficar 3 meses fora daqui."

"Mas eu resolvi que eu ainda não estou preparado para ajudar o meu país na política brasileira. A política brasileira depende de gente séria, capaz, que consiga ultrapassar a maior crise que nós já enfrentamos até hoje. Por isso que eu refleti. Ainda não me sinto preparado para ajudar o meu povo, a nação brasileira, em uma outra função que não seja esta [a apresentação do programa de TV]."

"Assim que eu estiver, eu largo de uma vez o que estiver fazendo e me proporei a concorrer a algum cargo. Achei que não era a hora de participar dessa política do jeito que está. Esta é a explicação que eu queria dar para cada um de vocês."

Nos últimos dias, Datena mudou de ideia tantas vezes que gerou uma série de transtornos para a emissora. Na sexta (6), Datena deu à direção da Band a certeza de que não disputaria mais as eleições. Até gravou narrações para o Agora É com Datena que seria exibido no domingo (8).

A emissora chegou a cancelar o programa Brasil da Gente, apresentado por Netinho de Paula, para colocar Datena outra vez nos domingos. No entanto, o jornalista mudou de ideia, anunciou que sairia candidato e forçou o canal a chamar o cantor de volta _ontem, o eterno vocalista do Negritude Júnior apresentou a atração.

Netinho, cujo programa já havia até sido tirado da grade da emissora na internet, foi aos estúdios do Morumbi no sábado (7) para gravar o quadro Caixa de Talentos, um concurso de calouros que teve como jurados a apresentadora Cátia Fonseca, a radialista Luka, o executivo de gravadora Hélio Leite Cosmo e o cantor Léo Maia.

A decisão foi tomada em cima da hora. A equipe do Agora É Domingo (ou Brasil da Gente, ou Agora É com Datena) chegou a produzir três roteiros diferentes. Um com o retorno de José Luiz Datena, outro com a estreia de Joel Datena no Entretenimento e um terceiro com Netinho de Paula, que já tinha apresentado o quadro na semana anterior. No fim, colocaram no ar a última opção.

Nos bastidores, a torcida era para que José Luiz Datena não gravasse o Caixa de Talentos. Diretores da Band estavam inseguros quanto à instabilidade do jornalista. E o quadro não pode deixar de ir ao ar por ter patrocínio de um banco federal, que exige sua exibição semanal.

Leia também

 

+ Lidas

Enquete

O novo Vídeo Show tem chance de sucesso?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook