'ONDA DE BOATOS'

Criador do Irmão do Jorel, Juliano Enrico rebate acusação de assédio: 'Injustiça'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Juliano Enrico em carrinho usado por personagem Irmão do Jorel, sua criação, para promover desenho exibido no cinema  - REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Juliano Enrico em carrinho usado por personagem Irmão do Jorel, sua criação, para promover desenho exibido no cinema

REDAÇÃO - Publicado em 03/05/2019, às 08h49 - Atualizado às 09h30

Criador da animação brasileira Irmão do Jorel, Juliano Enrico rebateu acusações de assédio no Instagram após Guta Kratz, ex-namorada do artista, relatar episódios de ameaças, agressões físicas e psicológicas na mesma rede social, e fãs responsabilizarem o ilustrador. "Venho afirmar que essas acusações não se sustentam na realidade dos fatos", escreveu, na madrugada desta sexta-feira (3).

O texto postado pela produtora de moda na última quarta-feira (1º) não cita o nome do animador, mas, por se tratar do mais recente relacionamento dela, seguidores apontaram para o criador do desenho animado.

"Levei tapas, gritos, ameaças e humilhações. Eu me sentia culpada, quando na verdade, era só como ele fazia eu me sentir. E vem sempre de quem a gente menos espera. Estava em um relacionamento tóxico. Sofri quatro tipos de abuso: físico, psicológico, doméstico e sexual. Tive de refletir muito e demorei para criar coragem, mas já fiz meu boletim de ocorrência e tenho provas de tudo. Não vou dar detalhes aqui, são coisas muito pesadas e prefiro deixar a justiça resolver", publicou Guta. 

Dois dias depois, Juliano resolveu se pronunciar. Além de ter sido alvo de críticas de seguidores, fãs promoveram um boicote ao desenho animado idealizado por ele. A partir daí, o criador da série infantil decidiu se defender. 

"Sou uma pessoa comum. Meu trabalho não me tornou poderoso. A realidade dos criadores brasileiros é diferente. Por isso é importante lembrar: aqueles que diante de boatos, propõem o boicote ao meu trabalho, estão cometendo uma injustiça não somente comigo, mas com toda a equipe de realizadores e artistas que trabalham duro nessas produções. Estou me inteirando dos acontecimentos para tomar as decisões necessárias de modo que tudo fique esclarecido da melhor forma possível", rebateu o ilustrador, que também já foi VJ da MTV. 

O texto inicialmente postado pela ex-namorada de Juliano Enrico foi apagado da rede social. Na sequência, ela postou um novo texto, pedindo cautela às críticas disparadas ao ex, novamente, sem citá-lo.

"Não gosto desse ódio e vontade de culpar alguém a qualquer custo. Isso é agressão também. O que eu quero é só que as mulheres sejam respeitadas! Que os homens aprendam que não é certo tratar as mulheres como inferiores e submissas", justificou. Veja aqui o texto completo:

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Sou extremamente grata por todo o apoio de vocês, de coração! Nunca imaginei ler mensagens tão lindas, eu me sinto abraçada. Mas não gosto desse ódio e vontade de culpar alguém a qualquer custo. Isso é agressão também. É muito importante vcs saberem que eu não quero o mal de ninguém, o que eu quero é só que as mulheres sejam respeitadas! Que os homens aprendam que não é certo tratar as mulheres como inferiores e submissas. Nós, infelizmente, ainda vivemos no patriarcado e não é justo ouvir de TODAS as mulheres que eu conversei que elas também passaram por abusos. Isso precisa mudar e eu quero fazer parte dessa mudança. Não citei nomes justamente pra isso ser resolvido da maneira correta, na justiça. Então peço que parem de acusar. Quem fez isso comigo sabe quem é, e a pessoa vai se tratar, isso já é uma vitória para mim. Nós todos somos vítimas do patriarcado, até mesmo os homens. Por isso é importante criar nossos filhos homens e mulheres da mesma forma! Ensinar que somos todos iguais e merecemos as mesmas oportunidades. Depende só da gente ❤️

Uma publicação compartilhada por bad girl gone good gone bad (@gutakratz) em

Nos Stories, Guta ainda disse que seu objetivo inicial era encorajar mulheres que, assim como ela afirma ser, são vítimas das mais diversas formas de agressão. "Não estou recorrendo ao tribunal moral da internet".

Após o primeiro post da produtora de moda, a usuária do Twitter Liana Fagundes relatou ter sofrido abusos do criador do Irmão do Jorel. Diferentemente, de Guta, ela atribuiu os assédios ao ilustrador. 

reprodução/ twitter

Liana Fagundes comenta no Twitter sobre o assédio atribuído a Juliano Enrico

Liana Fagundes, usuária do Twitter comenta acusações de assédio atribuídas a Juliano Enrico

 

Veja aqui a postagem em que Juliano Enrico se defende das acusações:

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Recentemente, um post no Instagram provocou uma onda de boatos. No início, apesar de toda angústia, me mantive em silêncio. Afinal, o post original sequer citava meu nome. Hoje, em respeito a todas as pessoas que me acompanham nas redes e aos fãs dos personagens que ajudei a criar, venho afirmar que essas acusações não se sustentam na realidade dos fatos. Infelizmente algumas pessoas se apressaram em me condenar. A essas, peço o benefício da dúvida. Sou uma pessoa comum. Meu trabalho não me tornou poderoso. A realidade dos criadores brasileiros é diferente. Por isso é importante lembrar: aqueles que diante de boatos, propõem o boicote ao meu trabalho, estão cometendo uma injustiça não somente comigo, mas com toda a equipe de realizadores e artistas que trabalham duro nessas produções. Estou me inteirando dos acontecimentos para tomar as decisões necessárias de modo que tudo fique esclarecido da melhor forma possível.

Uma publicação compartilhada por Juliano Enrico (@juliano_enrico) em

Tudo sobre

Cartoon Network

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Quem é a mãe mais surtada de Amor de Mãe?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook