Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NOVA TEMPORADA

Conversa com Bial volta à Globo com guru de Bolsonaro, Sergio Moro e Jean Wyllys

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Guru do governo de Jair Bolsonaro, Olavo de Carvalho terá sua entrevista com Pedro Bial exibida na quinta (11) - REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Guru do governo de Jair Bolsonaro, Olavo de Carvalho terá sua entrevista com Pedro Bial exibida na quinta (11)

REDAÇÃO

Publicado em 9/4/2019 - 6h36

Após quase quatro meses fora do ar, o Conversa com Bial retorna nesta terça (9) para uma nova temporada na Globo. Os convidados dos três primeiros programas são figuras conhecidas no cenário político brasileiro. Na estreia, Pedro Bial recebe Sergio Moro, ministro da Justiça e Segurança Pública. Nas duas edições seguintes, serão exibidas entrevistas com Olavo de Carvalho, guru de Jair Bolsonaro, e Jean Wyllys, ex-deputado federal e desafeto declarado do atual presidente da República.

Leia também ->Apresentadoras da Globo saem do ar após bate-boca com Bolsonaro no Twitter

A participação de Moro foi gravada nos estúdios do Conversa com Bial na sexta (5), um dia depois de o ministro ter virado meme ao publicar uma foto segurando um calendário. "Provando que esse Twitter é meu mesmo (o que é um pouco inusitado)", escreveu o ex-juiz da Operação Lava Jato em sua nova rede social.

No texto de abertura, Pedro Bial definiu Sergio Moro como "avalista moral do governo Bolsonaro". De acordo com uma pesquisa divulgada pelo Datafolha no domingo (7), o ministro é o mais popular e o mais bem avaliado no governo: 93% dos 2.086 entrevistados conhecem o ex-juiz e 59% consideram seu trabalho na pasta da Justiça e Segurança Pública como bom ou ótimo.

Segundo a Globo, a participação de Moro no talk show tratou de assuntos importantes, mas com um tom bem-humorado. O político até aceitou tirar uma foto imitando seu tuíte com calendário para divulgar o programa.

Moro brinca com foto que virou meme no Twitter

Além do ministro, a semana de reestreia do Conversa terá um outro aliado do presidente da República.

Pedro Bial viajou para os Estados Unidos, onde conversou com o autoexilado Olavo de Carvalho, influenciador e guru do governo Jair Bolsonaro. O jornalista da Globo foi o primeiro a entrevistar o escritor na televisão, em 1997, na GloboNews.

"Agora, chamei o Olavo para rever aquela entrevista de 22 anos atrás, olhar tudo o que aconteceu de lá para cá", explica Bial ao Gshow. O programa vai ao ar na quarta (10).

Desafeto de Jair Bolsonaro

Mas nem só de apoiadores de Jair Bolsonaro será feito o Conversa em sua semana de retorno. Jean Wyllys, ex-deputado federal do PSOL autoexilado na Europa, será o entrevistado de Bial na quinta (11). Defensor das causas LGBTQ, o ex-BBB, que se disse assustado com seguidas ameaças de morte, preferiu abandonar seu mandato na Câmara dos Deputados e também deixar o Brasil no início do ano.

"Eu fui o laboratório para tudo o que Jair Bolsonaro fez depois. Eu fui a cobaia de laboratório e a escada que ele utilizou. Até eu chegar no Parlamento [em 2011], ele era um político paroquial, conhecido no Rio de Janeiro, desqualificado, do baixo clero", disse Wyllys na gravação para o talk show.

Segundo Bial, apesar de ideias completamente opostas, Olavo de Carvalho e Jean Wyllys possuem algo em comum: são autoexilados que continuam influenciando os rumos da política nacional.

"São brasileiros que sofrem o Brasil, intelectual e emocionalmente. Talvez por isso não tenham conseguido ficar aqui. Estão fora, mas permanecem ativos e influentes. Ideias opostas não necessariamente precisam se excluir. Elas devem conviver. É assim que é a democracia", analisa o apresentador.

A semana de estreia do talk show chega ao fim com o cantor Djavan na sexta (12). O Conversa com Bial é exibido de madrugada, sempre após o Jornal da Globo. Confira uma das chamadas para a nova temporada do programa:

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?