Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

LARGADOS E PELADOS

Cenário de O Outro Lado do Paraíso vira inferno em reality de peladões

Fotos: Reprodução/Discovery Channel

A atleta Karra Falkenstein chora ao passar mal em episódio de Largados e Pelados no Brasil - Fotos: Reprodução/Discovery Channel

A atleta Karra Falkenstein chora ao passar mal em episódio de Largados e Pelados no Brasil

LUCIANO GUARALDO

Publicado em 27/5/2018 - 7h15

Cenário de sequências paradisíacas em O Outro Lado do Paraíso, o Jalapão mostrará um lado menos turístico em um episódio do fenômeno Largados e Pelados, do Discovery Channel. Gravado no parque estadual do Tocantins em setembro do ano passado, antes mesmo da estreia da novela, o episódio do reality vai ao ar nesta terça (29), às 21h30.

Para quem nunca assistiu a Largados e Pelados, a proposta é simples: um homem e uma mulher são deixados em um lugar isolado, sem roupa ou mantimentos, e precisam sobreviver durante 21 dias ao clima, a predadores e à falta de recursos. Não há prêmio para os participantes, apenas a possibilidade de contar vantagem.

No episódio do Jalapão, os "sortudos" são o ambientalista Gary Goldin, de 45 anos, e a atleta de resistência Karra Falkenstein, de 35. Os dois têm experiência prévia com situações extremas nos Estados Unidos, mas se chocam com a realidade do Jalapão.

O cenário do Tocantins é pintado pelo programa como um hábitat que beira à tortura. "O calor insuportável transforma os rios em areia, e incêndios destroem o verde, deixando para trás um terreno desolado. Quente, seco e imperdoável, o Jalapão é um dos ambientes mais duros do planeta", descreve o narrador do reality.

Para piorar, a área do parque onde Karra e Gary são deixados serve de moradia para lobos, onças-pintadas e mutucas, moscas que chupam sangue de suas vítimas _e levam Karra à loucura por não deixá-la dormir durante a noite.

Gary Golding exibe uma mutuca gigante: mosca sanguessuga vira pesadelo dos participantes

Golding começa o programa tranquilo, e sua postura de macho alfa chega a irritar a companheira. "Eu sou o Tarzan de Los Angeles", se apresenta, imitando o urro do personagem conhecido por se pendurar em cipós.

Mesmo sem muitos alimentos disponíveis e com dificuldade de acesso à água, ele não se deixa abalar. "Muitas pessoas diriam que passar 21 dias pelado no meio do nada é um desafio. Eu chamo de uma oportunidade", vangloria-se.

Com o passar dos dias, a realidade atinge o ambientalista em cheio, e a atitude vencedora dá lugar ao desespero. Com feridas por todo o corpo, sangue escorrendo pelas pernas (e servindo de alimento para as mutucas) e sem alimentação adequada, ele vê que a tal "oportunidade" é, no fim das contas, um desafio e tanto.

Quem acompanhou as tragédias de Clara (Bianca Bin) na primeira fase da novela de Walcyr Carrasco perceberá em Largados e Pelados que, na realidade, a mocinha sofreu até pouco. Gary e Karra ficam em um estado deplorável durante a passagem pelo Jalapão _e sequer têm a possibilidade de fazer um plano de vingança depois.

Nos Estados Unidos, o episódio no Jalapão de Largados e Pelados foi exibido no início de abril e foi visto por 1,3 milhão de espectadores. No Brasil, o reality com peladões é um dos programas mais vistos do canal.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?

Vanessa Giácomo
21.13%
Lucy Alves
16.78%
Rafa Kalimann
12.62%
Isis Valverde
22.07%
Uma atriz desconhecida
27.40%