Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NA GLOBONEWS

Betty Faria critica falta de investimentos no cinema: 'Governo pegou o dinheiro'

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Imagem de Betty Faria em ensaio fotográfico

Betty Faria em ensaio fotográfico; atriz criticou falta de investimentos do governo no cinema nacional

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 11/10/2021 - 17h24

Betty Faria reclamou da falta de investimentos no cinema nacional durante a pandemia da Covid-19. Nesta segunda-feira (11), a atriz de 80 anos afirmou que os profissionais do setor enfrentam dificuldades financeiras há cerca de dois anos. "Governo pegou o dinheiro", opinou a veterana.

"Como o nosso cinema está completamente paralisado e, quando a gente fala, o povo cai de pau dizendo: 'Comunistas, acabou a mamata!'. Mas não é mamata, não! O nosso cinema está paralisado porque o governo pegou o dinheiro da Ancine [Agência Nacional do Cinema] e da Condecine [Contribuição para o Desenvolvimento da Indústria Cinematográfica Nacional]. Que dinheiro é esse? Não é mamata, é dinheiro nosso!", disse Betty.

Durante entrevista ao Estúdio I, da GloboNews, a atriz reforçou suas críticas aos políticos: "Cada obra de audiovisual paga um imposto, uma taxa. Com esse dinheiro, temos o direito de produzir, de dar emprego para milhares de técnicos. O cinema brasileiro está parado há dois anos, tem filmes que não podem ser rodados, produzidos e lançados por causa dessa loucura desse governo que está contra todo o nosso cinema".

"Podemos fazer uma imagem maravilhosa no exterior desse Brasil, que está tão sofrido. Estou tão mobilizada com o que está acontecendo com o cinema hoje, pois foi todo o nosso sonho durante a Ditadura [Militar, 1964-1985], de fazer um trabalho bonito. Estamos todos parados", disse a artista.

"Cada filme dá emprego para mais de 500 pessoas, todo mundo está desempregado, vendendo quentinha na rua, porque o nosso dinheiro está preso na Ancine, está sequestrado", pontuou a veterana.

Sem citar o nome do presidente Jair Bolsonaro, a atriz criticou os impactos do atual governo na sociedade: "Tenho um sonho de que o Brasil passe essa fase terrível, que o mundo está vivendo de extrema direita tradicionalista. Espero que isso acabe, que passe essa loucura, esse fantasma de dizer: 'Você é comunista'. Não sou comunista, sou humanista! Sou pela vida, felicidade, paz".

O Notícias da TV entrou em contato com a Secretaria Especial da Cultura, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Cinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabiaElenco de Verdades Secretas 2: Conheça os novos personagens da novelaOutubro Rosa: Conheça cinco famosas que venceram o câncer de mamaAlém de José de Abreu: Sete atores brasileiros que se aventuraram na políticaApós derrota em eleição, Victor Pecoraro perde mais uma votação e deixa A Fazenda 13

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas