Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

17 ANOS NA EMISSORA

Após denúncias de assédio, Marcius Melhem é dispensado pela Globo

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Marcius Melhem no quadro Gonga La Gonga, do Caldeirão do Huck

Marcius Melhem no quadro Gonga La Gonga, do Caldeirão do Huck; Globo anunciou sua demissão

REDAÇÃO

Publicado em 14/8/2020 - 18h56
Atualizado em 14/8/2020 - 22h28

Após 17 anos, Marcius Melhem foi demitido da Globo nesta sexta-feira (14). Ele estava afastado de suas funções desde março por "motivos pessoais", mas ao retornar ao trabalho acabou dispensado. No Twitter, o ator afirmou que deseja passar mais tempo com as filhas. Em nota, a emissora informou que Silvio de Abreu assumirá em definitivo a área de Humor, administrando em paralelo a de Dramaturgia Diária e Semanal (novelas e séries). 

"Como todos sabem, a Globo tem tomado uma série de iniciativas para se preparar para os desafios do futuro e, com isso, adotado novas dinâmicas de parceria com atores e criadores em suas múltiplas plataformas. Os conteúdos de humor, assim como os de dramaturgia diária e semanal, continuam sob a liderança de Silvio de Abreu, diretor de Dramaturgia da Globo", disse a emissora em nota.

As informações foram publicadas primeiramente por Patricia Kogut, colunista do jornal O Globo, e confirmadas ao Notícias da TV pela Globo.

Embora elogiado pela Globo em sua nota de dispensa, Melhem enfrentava uma situação interna pouco confortável. De acordo com o jornalista Leo Dias, ele havia sido denunciado por assédio moral por algumas atrizes do núcleo de humor da emissora no fim do ano passado.

Segundo o jornalista, as humoristas Dani Calabresa e Maria Clara Gueiros teriam se queixado de atitudes abusivas de Melhem nos bastidores do Zorra no fim do ano passado. A situação teria se tornado insustentável, e até o ex-marido de Dani, Marcelo Adnet, teria testemunhado a favor das colegas de trabalho. Tanto Maria Clara quanto Adnet negaram as informações na ocasião.

Confira a íntegra da nota em que a Globo confirma o desligamento de Melhem:

"A Globo e Marcius Melhem, em comum acordo, encerraram a parceria de 17 anos de sucessos. O artista, que deu importante contribuição para a renovação do humor nas diversas plataformas da empresa, estava de licença desde março para acompanhar o tratamento de sua filha no exterior.

Como todos sabem, a Globo tem tomado uma série de iniciativas para se preparar para os desafios do futuro e, com isso, adotado novas dinâmicas de parceria com atores e criadores em suas múltiplas plataformas. Os conteúdos de humor, assim como os de dramaturgia diária e semanal, continuam sob a liderança de Silvio de Abreu, diretor de Dramaturgia da Globo."

Mais tempo em família

Marcius Melhem usou o Twitter para falar sobre sua saída da Globo. Em uma série de postagens na plataforma, o autor e ator agradeceu o tempo como contratado da Globo. Ele afirma que, agora, o desejo é passar mais tempo com as filhas.

"Foram 17 anos de uma parceria muito produtiva com a Globo. Todos esses anos no ar com algum programa -ou mais de um. Tive muito orgulho de fazer parte de uma equipe que desenvolveu novas linguagens, que colocou diversidade e tolerância em pauta e que virou sinônimo de liberdade", iniciou.

"Essa liberdade e essa renovação foram abraçadas por público e crítica, e trouxeram prêmios importantes --como o APCA [Associação Paulista de Críticos de Arte]-- e duas indicações ao Emmy internacional. Foram muitos anos de muito trabalho", declarou.

Melhem informou que seu desligamento foi motivado por questões familiares. "Mas já há algum tempo vinha conversando sobre diminuir essa intensidade e dedicar mais tempo à minha vida pessoal, ver minhas filhas crescerem e participar mais disso. O tempo passa rápido", considerou.

"Este ano, por conta de um delicado tratamento de saúde, tive que me ausentar e viajar com a família e nos fecharmos para passarmos juntos por isso. Esses meses fora me deram a certeza de que precisava de uma nova relação com o tempo dedicado ao trabalho", disse.

"Em comum acordo com a Globo, entendemos que essa liberdade seria benéfica para ambos os lados. Agora tenho mais tempo para minha vida pessoal. E para desenvolver ideias com calma e livremente. Quando chegar a hora de elas acontecerem eu venho aqui contar. Até já", finalizou.

Confira publicações de Marcius Melhem no Twitter: 

Humor em folhetins

Apesar de ter sua trajetória mais associada a novelas, Silvio de Abreu foi um dos responsáveis pela supervisão de texto de Sob Nova Direção (2004-2007), e também esteve por trás dos especiais Não Fuja da Raia (1996), que misturava comédia e musicais, com Claudia Raia como grande estrela.

Mesmo em seus folhetins, porém, o autor sempre chamava a atenção por núcleos cômicos ou por criar comédia em situações cotidianas. Novelas como Guerra dos Sexos (1983), Sassaricando (1987), Deus nos Acuda (1992) e As Filhas da Mãe (2001) foram algumas de suas obras com forte pegada cômica.

Também estão no chamado time de Gênero dos Estúdios Globo, juntamente com Silvio, os diretores de Variedades Mariano Boni (programas de entrevistas e talk shows) e Boninho (programas de auditório, realities, games e musicais).


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações sobre o mundo das celebridades!

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?

Vanessa Giácomo
21.13%
Lucy Alves
16.78%
Rafa Kalimann
12.63%
Isis Valverde
22.07%
Uma atriz desconhecida
27.40%