Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

JORNALISTA RETORNOU

Após demissão, Rodrigo Alvarez volta à Globo como repórter de Ana Maria Braga

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

O repórter Rodrigo Alvarez em reportagem exibida na manhã desta sexta (21) no quadro Mais Você, do programa Encontro com Fátima Bernardes, da Globo

O repórter Rodrigo Alvarez na manhã desta sexta (21) no quadro Mais Você, do Encontro, na Globo

REDAÇÃO

Publicado em 21/8/2020 - 12h07
Atualizado em 21/8/2020 - 12h35

Oito meses após se demitir da Globo para virar empreendedor, Rodrigo Alvarez voltou à emissora como repórter de Ana Maria Braga. Na manhã desta sexta-feira (21), durante o quadro do Mais Você no Encontro com Fátima Bernardes, o jornalista apresentou uma reportagem gravada na França sobre o autor do livro O Pequeno Príncipe.

"Ganhamos um colaborador que você conhece bem, Fátima, e todos que acompanham o Jornalismo da Globo. É o repórter Rodrigo Alvarez", anunciou Ana Maria. "Esse cara é uma fera, nosso amigão", comentou Louro José.

"O Rodrigo foi correspondente da Globo nos Estados Unidos, Israel, Alemanha, França, e ao longo da sua carreira como jornalista ele também se tornou um escritor. Já publicou nove livros e já esteve no meu café da manhã para falar disso", relembrou a titular do Mais Você. 

"A matéria inédita com que ele estreia aqui hoje fala de um outro livro, que todo mundo conhece. É o Pequeno Príncipe do escritor Antoine de Saint-Exupéry [1900-1944]. O Rodrigo Alvarez, que está agora na França, ele vai mostrar o castelo onde morou o escritor", introduziu a cozinheira. 

Em sua reportagem, o repórter chegou a ler trechos do livro famoso mundialmente, mostrou detalhes do interior do castelo e também falou com parentes do autor francês que ainda moram no local. 

"Obrigada, Rodrigo, bem-vindo mais uma vez à nossa casa. E já estamos esperando sua próxima reportagem, tá bom?", disse Ana Maria após a exibição. "E se você precisar de ajuda para fazer essas coisas difíceis, pode me chamar, viu?", se ofereceu o papagaio, encerrando o assunto. 

Demissão da Globo

Correspondente da Globo na Europa, Alvarez pediu demissão da emissora após 23 anos em dezembro de 2019. Ele trabalhava na empresa desde 1996, quando foi contratado pela GloboNews Rio de Janeiro como trainee de editor de imagens. Na época de sua saída, Alvarez revelou ao Notícias da TV que tinha umaponta de decepção com o Jornalismo, mas negou qualquer conflito com a empresa.

"Não vejo como um ato de coragem [a demissão da Globo]. Acima de tudo é uma necessidade: me mover e experimentar a vida de outras formas. Sou muito jovem. Cheguei aos 45. É só o primeiro tempo e eu não iria ficar me repetindo quando já não tinha o tesão que sempre tive", declarou o então ex-correspondente, que já antecipava um possível retorno à Globo. 

"Me mudei para a Flórida e aqui vou me dedicar aos livros, mas também a me atualizar e ampliar horizontes. É bem possível que eu volte ao jornalismo, é possível que faça muitas coisas com a Globo, mas quero primeiro deixar o vento soprar", contou Rodrigo.

Em abril deste ano, o escritor, que já tem mais de 800 mil livros vendidos, contou que virou empresário ao lançar uma startup de impressão de livros brasileiros no exterior, sob demanda e a preços competitivos, uma espécie de "Netflix dos livros": a Buobooks.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?