Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

DE FÉRIAS COM O EX

Anônimos buscam reality de pegação da MTV por fama na web e A Fazenda

REPRODUÇÃO/RECORD

Gabi Prado aproveitou exposição no De Férias com o Ex para cavar uma vaga em A Fazenda - REPRODUÇÃO/RECORD

Gabi Prado aproveitou exposição no De Férias com o Ex para cavar uma vaga em A Fazenda

GABRIEL PERLINE, de Itacaré (BA)

Publicado em 24/9/2018 - 5h22

Se há dois anos a MTV encontrou dificuldade para convencer jovens bonitões e solteiros a se aventurar em um reality de pegação, hoje o cenário mudou. Para a terceira temporada do De Férias com o Ex, que estreia nesta quinta (27), o "problema" foi lidar com o alto volume de interessados, que veem no programa a chance de se tornarem celebridades virtuais e entrarem em outros realities, como A Fazenda, da Record.

"É um cuidado que a gente tem no casting. Já disseram no processo de seleção que o reality é bom para ficar famoso, mas a pessoa não pode vir aqui apenas pensando em aumentar o número de seguidores no Instagram ou visando entrar em A Fazenda. Ela tem que ter disponibilidade de se jogar. A gente tem que perceber que a pessoa quer participar [do De Férias com o Ex]", diz Chica Barros, diretora do programa.

Embora seja um reality da TV paga, o De Férias com o Ex transforma a vida de seus participantes. Gabi Prado é o maior exemplo. Após duas passagens marcantes pel atração, protagonizando alguns dos barracos mais memoráveis da TV brasileira, hoje ela é uma das apostas da décima temporada de A Fazenda.

Desconhecida do grande público, ganhou notoriedade na MTV, virou influenciadora digital e foi um dos primeiros nomes cogitados pela produção do reality da Record, que conseguiu confinar nesta temporada um grande número de participantes que não se poupam de entrar em confusões.

"A partir da segunda temporada, os participantes falaram para o pessoal do casting que negaram convite para o Big Brother porque é mais jogo participar do De Férias com o Ex. Acho que é verdade, porque nosso universo é mais cool [legal, desconstruído], e o negócio deles é ganhar seguidores nas redes sociais", explica.

Os jovens que participam do reality de pegação da MTV são pessoas "instagramáveis": descolados, festeiros e em excelente forma física, perfil que aguça o interesse da geração "troco likes".

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Fernanda Mincarone e Vini Büttel participaram da terceira temporada do De Férias com o Ex

Alguns deles entram no programa sem o menor traquejo para as redes sociais, mas saem do confinamento transformados, com empresários cuidando de suas imagens e em busca de parcerias para posts patrocinados e ingressos VIP para eventos badalados, além de assessores de imprensa e fotógrafos profissionais a tiracolo.

Dois exemplos da atual temporada, que sequer estreou, comprovam isso. Fernanda Mincarone contava com 2.398 seguidores no Instagram quando começou a gravar o reality show. Saltou para 10,1 mil em poucos dias, após o Notícias da TV divulgar em primeira mão a lista dos participantes da nova temporada.

O caso de Vini Büttel é ainda mais curioso. Ele havia participado do fracassado A Casa, em 2017, que teve média de 5,9 pontos no Ibope, e saiu do reality show da Record com a mesma falta de popularidade com que entrou. Um dia antes de ser anunciado no De Férias com o Ex, contava com 3.942 seguidores no Instagram. Hoje, passou dos 16,5 mil _antes mesmo de estrear na MTV.

"As pessoas que topam participar do De Férias com o Ex não estão aqui atrás de grana, até porque é um reality show que não dá nenhum prêmio a ninguém. Mas todos eles conseguem se arranjar bem depois do programa e imagino que ganhem um bom dinheiro com suas redes sociais", comenta Chica Barros.

A terceira temporada do De Férias com o Ex estreia dia 27, às 22h, na MTV.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?

Muito bom, tem todo o conteúdo que os fãs da Disney amam.
19.71%
O catálogo é bom, mas há falhas e problemas no aplicativo.
8.46%
Não gostei, o conteúdo não me interessou.
17.51%
Não assinei, achei o preço muito alto.
54.32%