Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

DIFERENTONAS

Para fugir do padrão, TVs especiais giram, iluminam a parede e imitam quadros

FOTOS: REPRODUÇÃO

TV que gira para a vertical instalada em ambiente com decoração jovem

TV que gira do horizontal para a vertical permite melhor visualização de conteúdos do celular

EDUARDO BONJOCH

edubonjoch@gmail.com

Publicado em 19/9/2021 - 6h20

Na hora de comprar uma nova TV, o consumidor que gosta de design e busca alternativas diferentes certamente tem a sensação de que todos os modelos são muito parecidos. Mas existem algumas opções que fogem do convencional e podem fazer a alegria de quem se cansou da mesmice e tem uma grana extra para investir.

Nesta categoria, as TVs que imitam quadros estão em alta. Penduradas na parede, elas podem receber moldura apropriada e até exibir pinturas famosas enquanto estão desligadas. Para o público jovem e conectado, a dica é a TV que gira para a vertical, promovendo uma melhor integração com o conteúdo do smartphone.

Há ainda as TVs que iluminam a parede com as cores que predominam em cada cena, aumentando a imersão do telespectador ao conteúdo exibido. A seguir, o Notícias da TV mostra os diferenciais de cada modelo, que podem ter de 43 a 65 polegadas e preço que varia de R$ 2,8 mil a R$ 13,8 mil. Confira:

TV que vira quadro

A Samsung The Frame foi pioneira na categoria de telas que fogem do convencional. Disponível em lojas online em três tamanhos, que vão de 43 a 55 polegadas, ela tem menos de 3cm de espessura, justamente para ficar pendurada na parede como um quadro, combinando com a decoração.

Dois detalhes ajudam a valorizar este efeito: o suporte slim, que já acompanha o produto, e a conexão por um único cabo, que se integra a uma caixinha externa onde ficam as entradas e saídas. Em conjunto, essas características permitem fixar a tela rente à parede, sem o volume dos cabos e fios presos ao painel traseiro.

Se quiser deixar a TV com mais cara de quadro exposto em uma galeria, a opção é adquirir uma moldura customizável, vendida separadamente, que é encaixada na borda da tela. São cinco opções de cores, incluindo bege amadeirado, marrom e branco estilizado.

Quando está desligada, a TV também pode exibir várias opções de imagens e papéis de parede, além de obras de arte famosas. Há poucas pinturas gratuitas. Se quiser ter acesso a um catálogo com mais de mil quadros, há planos mensais de R$ 16 --o telespectador pode ir trocando de imagem para não enjoar.

A TV conta com tecnologia de pontos quânticos, que aumenta o volume de cores, e resolução 4K. O controle remoto dispensa o uso de pilhas, funcionando com ajuda da energia solar ou até da própria iluminação da casa. Mas prepare o bolso: o investimento mínimo é de R$ 4 mil, chegando a R$ 5,6 mil na TV de 55 polegadas.

TV OLED para decorar

Com 65 polegadas e resolução 4K, a TV OLED LG G1 Evo, que utiliza pixels orgânicos para formar as imagens, também aposta no conceito de transformar a TV em obra de arte. O diferencial é que o fabricante oferece a instalação grátis deste produto na parede com o uso de um suporte especial, que deixa a tela bem rente à parede. Se preferir, o consumidor pode optar por adquirir separadamente o suporte de piso.

Além do design, o televisor chama a atenção pela tecnologia. As TVs OLED são diferentes das outras porque dispensam iluminação interna (backlight) para gerar imagens. Isso acontece porque cada pixel orgânico consegue emitir a própria luz. Por isso, são imbatíveis na reprodução de pretos profundos em cenas escuras, deixando a imagem mais realista.

Por ser um modelo de segunda geração, a G1 Evo permite atingir até 20% a mais de brilho, segundo o fabricante, resultando em mais cores, profundidade e aproveitamento de conteúdos HDR, disponíveis nos serviços de streaming. O novo processador também faz ajustes automáticos para melhorar o som e a imagem de acordo com o conteúdo e a iluminação do ambiente. É também a TV mais cara entre os modelos analisados: custa R$ 13,8 mil.

TV que gira

Com 43 polegadas, tecnologia de pontos quânticos e resolução 4K, a TV Samsung The Sero é a única do mercado que gira para a vertical, permitindo uma melhor visualização de conteúdos do smartphone. Dá para migrar de um reality show ou de uma série exibidos em formato horizontal para o espelhamento das redes sociais do celular na tela grande em posição vertical, sem barras pretas, como no telefone.

Se você tiver um modelo da linha Galaxy, o espelhamento é feito de forma mais simples, encostando o celular na TV, através da tecnologia Tap View. Para dispositivos da Apple, pode ser usado o padrão AirPlay 2. Com base em azul marinho, o televisor traz ainda sistema de som 4.1 canais para simular melhor a experiência surround do cinema e 60W RMS de potência.

Na hora da instalação, nada de racks, móveis ou de pendurar a TV na parede. Este modelo deve ficar apoiado no chão, com o suporte que acompanha o produto. O apelo visual transforma a tela em um objeto de decoração, que pode exibir imagens e até vários tipos diferentes de relógios em modo retrato enquanto estiver desligada. Mas o preço assusta: R$ 7,6 mil.

Luz além da tela

Imagine se a imagem da TV ultrapassasse os limites da tela. Esta é a proposta do recurso Ambilight trilateral, que pode ser encontrado nas TVs Philips 4K da série 6700, com 55 e 65 polegadas. A tecnologia não é nova, mas continua interessante a proposta de projetar luzes de LED com as cores que predominam em cada cena, aumentando a imersão do telespectador ao conteúdo exibido.   

O segredo está em três extensas fileiras de LEDs embutidos na tela, distribuídas pelas laterais e pela parte superior. Há sete modos de intensidade de iluminação, como futebol, videogame e conforto. Na opção Seguir Áudio, por exemplo, as luzes acompanham o ritmo da trilha sonora, sendo indicada para shows. Dá também para sincronizar a TV com lâmpadas inteligentes da Philips, estendendo o efeito luminoso por todo o ambiente.

Mais modestas do que os outros modelos nos recursos, as TVs Ambilight não aceitam comandos de voz e alguns serviços de streaming, como Disney+, Star+ e HBO Max. O custo chama a atenção: o modelo de 55 polegadas sai por R$ 2,8 mil.

TUDO SOBRE

Smart TV

TV 4K


Leia também

Enquete

Você gostou dos primeiros capítulos de Verdades Secretas 2?

Web Stories

+
Bolsonaro virou chacota na Globo! Nos Tempos do Imperador coleciona indiretasMitomaníaco, sem noção ou exibido? 5 vezes que Gui Araujo falou demais em A FazendaDe vendedor de pastéis a diretor de cinema: Por onde anda o elenco de Malhação 2008?Como aconteceu acidente com Alec Baldwin que matou fotógrafa no set de novo filmeCinco casais que se formaram no Casamento às Cegas Brasil e você não sabia

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas