Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TIRE SUAS DÚVIDAS

Imagem limpa e pouco conteúdo: O que é mito e o que é verdade nas TVs 4K?

REPRODUÇÃO

Família vendo conteúdo 4K na TV da sala

Quanto maior a tela, mais fácil perceber o detalhamento e a profundidade das imagens em 4K

EDUARDO BONJOCH

edubonjoch@gmail.com

Publicado em 13/2/2022 - 6h20

Da qualidade da imagem ao preço, passando pela oferta de atrações no formato, as TVs 4K ainda geram muita dúvida aos consumidores. Será que dá para notar diferença na nitidez de uma mesma cena exibida em duas telas de 43 polegadas com diferentes resoluções? As vantagens dessa tecnologia ficam claras ao ver qualquer conteúdo ou apenas títulos Ultra-HD?

O primeiro ponto a ser considerado é o tamanho da TV. Quanto maior for a tela, mais evidente a superioridade da resolução 4K, de 3.840 por 2.160 pixels, em relação a uma Full-HD, quatro vezes mais baixa. E se nos televisores de 43 polegadas dos dois tipos a qualidade da imagem é parecida, isso não acontece a partir das 50 polegadas.

Na comparação direta, dá para perceber o melhor detalhamento e profundidade da imagem nas TVs 4K desse tamanho, principalmente quando o consumidor chega mais perto da tela. É um nível de nitidez que uma TV Full-HD não consegue atingir, ainda mais se o conteúdo for entregue em Ultra-HD.

O preço das TVs também já deixou de ser empecilho para o avanço dessa tecnologia. Por R$ 2,1 mil, o consumidor leva para casa uma tela 4K de 43 polegadas, que são as menores com essa resolução. A diferença para o modelo Full-HD de mesmo tamanho e fabricante é de apenas R$ 250. A partir de 50 polegadas, a maioria dos televisores já é Ultra-HD, exigindo um investimento mínimo de R$ 2,4 mil.

Mas será que a variedade de atrações disponíveis hoje em 4K justifica o maior investimento na compra de um televisor? Isso depende dos hábitos de cada um. Se você passa a maior parte do tempo vendo canais da TV aberta e por assinatura, não irá desfrutar do melhor que a altíssima resolução pode oferecer. Nos dois casos, a programação é transmitida em resolução Full-HD.

EDUARDO BONJOCH/NOTÍCIAS DA TV

Opções de séries em 4K estão crescendo

Fã de games e clientes dos principais serviços de streaming têm mais a ganhar com a compra de uma TV 4K. A oferta de jogos desse tipo para PlayStation 5 ou 4 Pro e Xbox One X ou S, por exemplo, está crescendo. O telespectador também já encontra boa variedade de filmes e séries, a maioria originais, no Amazon, Disney+, Apple+, HBO Max e Netflix, única que exige assinatura especial (e mais cara) para 4K.

Inteligência artificial

O recurso de upscaling é um dos mais interessantes que fazem parte da inteligência artificial das telas Ultra-HD. De eficiência proporcional ao preço e à qualidade do processador adotado no televisor, essa função automática simula imagens 4K a partir de conteúdos com resolução inferior. A ideia é melhorar a qualidade de qualquer imagem, proporcionando ao telespectador uma experiência próxima da altíssima definição.

Mas não espere uma grande diferença se você comprar uma TV 4K de baixo custo, com 43 ou 50 polegadas, por exemplo. Nesse caso, a qualidade da imagem dos canais abertos em Full-HD será próxima à de um televisor de mesmo tamanho com resolução mais modesta, mesmo com o recurso de upscaling acionado automaticamente.

Para notar, de fato, uma grande mudança na nitidez das imagens Full-HD, o consumidor terá que investir em um televisor 4K mais avançado. Entre as opções, estão as TVs OLED, com painel de pontos quânticos (QLED) ou tecnologia NanoCell, que trazem modernos processadores e tecnologias para reproduzir as cores com maior fidelidade.

TUDO SOBRE

Smart TV

TV 4K


Leia também

Enquete

Qual a melhor novela no ar atualmente?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.