Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

HAJA GRANA E ESPAÇO

Com preço de apartamento, telas gigantes de 136" e 146" custam a partir de R$ 300 mil

FOTOS: REPRODUÇÃO

Tela de 136 polegadas exibida em mostra na cidade de São Paulo

Tela de 136 polegadas exibida em mostra na cidade de São Paulo: 3 m de largura por 1,69 m de altura

EDUARDO BONJOCH

edubonjoch@gmail.com

Publicado em 12/11/2021 - 6h20

Novidade no mercado, os painéis gigantes de luxo são maiores do que as TVs, restritas hoje às 86 polegadas. Com 136 polegadas e estrutura modular, o primeiro modelo da LG a adotar esta tecnologia apresenta 3 m de largura, 1,69 m de altura e 3,6 cm de profundidade. O preço assusta. Custa R$ 300 mil, sem contar o serviço de instalação. E que tal investir R$ 2,5 milhões em uma tela microLED de 146 polegadas, da série The Wall, da Samsung?

A tecnologia por trás destes painéis é diferente daquela adotada nas TVs de LED com polegadas menores. As telas gigantes não precisam de iluminação interna para fazer brilhar os pixels que formam a imagem. Isto porque cada um dos blocos que compõem a tela é formado por centenas de LEDs ou microLEDs (no caso dos painéis da Samsung) com tecnologia autoemissora de luz. Este processo aumenta os níveis de brilho e contraste.

Com alto-falantes integrados, resolução Full-HD e suporte à tecnologia HDR10, que deixa as cores mais vivas e brilhantes, a tela gigante de LED da LG oferece ajuste automático de brilho, que se adapta à iluminação do ambiente. Já o design sem moldura em torno da imagem de 136 polegadas aumenta a imersão ao conteúdo e valoriza o visual do ambiente; é bom lembrar que o painel gigante pode ocupar uma parede inteira.

O produto está à venda na rede de lojas Fast Shop. Além de desembolsar R$ 300 mil, o consumidor que adquirir o painel gigante ainda precisa incluir o serviço de instalação na compra, que é realizado por técnicos credenciados pela LG, mas cobrado à parte.

Quem estiver curioso para ver a TV gigante em funcionamento, pode se dirigir ao Shopping Pátio Paulista, em São Paulo, ou à Miami Store, que fica em Campinas (SP). Tem também uma unidade exposta na mostra Casacor São Paulo, que vai até 15 de novembro.

Tela de 146 polegadas: tecnologia microLED 

Painel de luxo custa R$ 2,5 milhões

Vendidos sob encomenda, os painéis The Wall, da Samsung, adotam o mesmo conceito de montagem modular. O modelo de 146 polegadas, que está em exposição na loja Artefacto do bairro dos Jardins, em São Paulo, utiliza a tecnologia microLED, com um maior número de LEDs microscópicos para formar cada pedaço da imagem.

O tamanho da tela e o preço impressionam. São 3,20 m de largura, 1, 81 m de altura e apenas 3 cm de profundidade que custam R$ 2,5 milhões de reais. Com resolução 4K HDR, a tela pode vir acompanhada de moldura decorativa e permite acessar os mesmos aplicativos das smart TVs.

Segundo a Samsung, os painéis moduláveis começam em 43 polegadas e podem atingir os mais diversos tamanhos. Mas este tipo de solução é destinado a telas com mais de 86 polegadas, no caso, maiores do que das TVs à venda. Os modelos de 146 e 219 polegadas, por exemplo, são montados a partir da integração de vários blocos com cerca de 40 polegadas e que pesam 12 quilos.

Cada projeto é personalizado e elaborado por profissionais credenciados pelo fabricante. A equipe analisa o local da instalação e define o tamanho mais indicado para o painel, levando em conta detalhes técnicos, como as características da residência e a distância máxima em relação à tela.

Prêmio NTV Melhores do ano

TUDO SOBRE

TV 4K


Leia também

Enquete

Qual foi o melhor telejornal ou programa jornalístico do ano?

Web Stories

+
Juan Paiva rouba a cena em Um Lugar ao Sol; conheça a história do atorGui Araujo deixa A Fazenda 13 após expor lado prepotente e preconceituoso; relembreDe série na Netflix a aposentadoria: Por onde anda o elenco de O Cravo e a Rosa?Vladimir Brichta contracena com a filha em Quanto Mais Vida, Melhor; veja outros casosConfinado em A Fazenda 13, Dynho não sabe que Mirella pediu divórcio; como fica o caso?

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas