Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

SUCESSO ATEMPORAL

Tim Burton vai produzir e dirigir nova série live-action de A Família Addams

Divulgação/Universal Pictures

Foto dos personagens da animação A Família Addams (2019)

A animação A Família Addams (2019) foi a última adaptação da franquia a ser produzida

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 22/10/2020 - 15h54

O aclamado diretor Tim Burton vai fazer a sua estreia em produções para a TV com uma nova versão de A Família Addams. A série em live-action está sendo desenvolvida pelo cineasta, que será o responsável pela direção de todos os episódios. Alfred Gough e Miles Millar, criadores de Smallville (2001-2011), serão os showrunners e escreverão os roteiros.

De acordo com o site Deadline, diversos estúdios estão na briga para adquirir os direitos de exibição da nova série, financiada pela MGM TV. Segundo a publicação, a Netflix aparece como favorita para abocanhar a atração.

O site ainda diz que a nova versão de A Família Addams se passará nos dias atuais e será apresentada pelo ponto de vista de Wandinha, a filha mais velha do casal protagonista Gomez e Mortícia.

A Família Addams foi criada em 1938 pelo cartunista americano Charles Addams (1912-1988) e já ganhou diversas adaptações para o mercado audiovisual. Nos cinemas, a franquia fez sucesso dois filmes live-action, em 1991 e 1993, estrelados por Raul Julia (1940-1994), Anjelica Huston e Christopher Lloyd. Em 2019, um longa animado também foi lançado para as telonas, com uma continuação prevista para 2021.

O grande sucesso da criação de Addams, no entanto, foi na TV. A primeira série baseada na atração foi ao ar na rede ABC, entre 1964 e 1966. Um reboot foi anunciado em 1998 mas, sem a mesma repercussão, não passou da primeira temporada. Os anos 1990 também foram palco para uma série animada, exibida entre 1992 e 1993.

Relembre abaixo a última versão de A Família Addams a chegar aos cinemas:


Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você achou do Disney+?

Muito bom, tem todo o conteúdo que os fãs da Disney amam.
19.71%
O catálogo é bom, mas há falhas e problemas no aplicativo.
8.46%
Não gostei, o conteúdo não me interessou.
17.51%
Não assinei, achei o preço muito alto.
54.32%