Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

NA NETFLIX

Roteirista de Duro de Matar vai adaptar live-action do jogo Assassin's Creed

DIVULGAÇÃO/UBISOFT

Personagem viking ao centro segurando um machado em cada mão e dando um grito com fundo de montanhas com neve e céu branco em cena de Assassin's Creed Valhalla (2020)

Cena do jogo Assassin's Creed Valhalla (2020); Netflix produzirá série sobre a franquia dos games

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 15/6/2021 - 10h16

A Netflix confirmou a produção de uma série live-action (feita com atores reais) baseada no jogo Assassin's Creed. O streaming contratou o roteirista Jeb Stuart, de filmes como Duro de Matar (1988) e O Fugitivo (1993), para comandar a adaptação dos games para a plataforma. Ainda não foi divulgado qual título da franquia irá servir de inspiração para a história, já que a aventura se passa em diferentes épocas do passado.

O projeto faz parte do acordo entre a Netflix e a desenvolvedora e publicadora de games Ubisoft acertado em 2020. A ideia é que alguns títulos da empresa, casos de Far Cry e Splinter Cell, sejam levados para o streaming no formato de filmes e séries, com atores reais ou em animações de diversos estilos.

O primeiro Assassin’s Creed foi lançado em 2007, e a franquia já conta com mais de 20 jogos em diferentes plataformas, casos de consoles, portáteis e computador. Cerca de 155 milhões de unidades foram vendidas mundialmente.

Na trama geral, o grupo dos Assassinos defende a paz e o livre arbítrio e luta contra as ações dos Templários, focados em controlar a humanidade e o destino da sociedade. O confronto existe ao longo do tempo e passa por diversas culturas. O personagem principal é Desmond Miles, que explora memórias de figuras ancestrais com a ajuda de uma máquina especial. As viagens ao passado não são fixas.

O título mais recente é Assassin's Creed Valhalla (2020), com cenário durante as invasões vikings na Grã-Bretanha. O trabalho atual de Stuart é na criação e no roteiro da série Vikings: Valhalla, spin-off de Vikings (2013-2020), do History Channel. A produção está em desenvolvimento pela Netflix e mostrará eventos passados 100 anos depois da trama original.

A popularidade da saga dos games chamou a atenção de Hollywood para uma primeira adaptação live-action. O resultado foi Assassin's Creed (2016), dirigido por Justin Kurzel (Macbeth: Ambição e Guerra) e estrelado por Michael Fassbender (Steve Jobs). A história apresentou um protagonista que não está nos games, mas que faz referências aos diferentes personagens principais da franquia. O filme não agradou público e crítica, e a possibilidade de continuação foi descartada.


Leia também

Web Stories

+
A Fazenda 13: Sem barracos, Liziane frustra público e é eliminada; veja trajetóriaComo Lázaro Ramos e Taís Araujo: 7 casais formados nos bastidores da GloboSex Education vai ter 4ª temporada? Veja cinco curiosidades sobre a sérieA Fazenda 13: Surto na baia e barraco com ofensas marcam primeira semana do realityQuem é Alanis Guillen? Conheça a Juma Marruá do remake de Pantanal

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Além de Pantanal, qual novela antiga merecia um remake?