Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

TODAS AS GAROTAS EM MIM

Record faz caminho inverso da Globo e 'evangeliza' jovens com sua Malhação

REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Atriz Mharessa Fernanda olha para câmera e posa para foto

Mharessa Fernanda vive Mirela, protagonista de Todas as Garotas em Mim, nova série da Record

GUILHERME MACHADO

guilherme@noticiasdatv.com

Publicado em 21/2/2022 - 6h45

Antes de acabar com Malhação, a Globo investiu em temas sintonizados com os jovens contemporâneos, como sexualidade, drogas e preconceito. Agora, a Record se prepara para lançar sua própria trama voltada a esse público, Todas as Garotas em Mim. Mas, no caminho inverso da emissora rival, ela adicionará um ingrediente que já lhe é característico: a Bíblia. A nova série da rede de Edir Macedo também terá inspiração religiosa.

O seriado está previsto para ter 38 capítulos e é escrito por Stephanie Ribeiro, uma das autoras de Gênesis (2021) e próxima a Cristiane Cardoso, filha do fundador da Igreja Universal. A direção é de Rudi Lagemann.

A história acompanha Mirela (Mharesa Fernanda), uma digital influencer que tem tudo que uma pessoa poderia almejar, como popularidade e um namorado do babado. Porém, ela viverá alguns conflitos existenciais e se verá diante de dilemas.

Para ajudar com essa situação, sua avó Isis (Adriana Garambone) lhe apresentará personagens femininas bíblicas. Ao se identificar, a influenciadora aprenderá lições e dará um novo rumo à sua vida. Curiosamente, a personagem de Adriana é descrita como uma mulher entre 65 e 72 anos, sendo que a atriz tem 51. 

Em paralelo, também é mostrada a saga de Erick (Diego Kropotoff), grande amigo de Mirela e apaixonado por ela desde pequeno, mas que nunca teve coragem de confessar seus verdadeiros sentimentos. Encantado por robótica, ele teve que aprender a se virar, já que sua mãe, Carla (Manuela do Monte), está sempre envolvida em encrencas.

A trama será dividida em três fases, passadas nas cidades de Gramado, Florianópolis e em um cruzeiro. O elenco ainda conta com nomes como Angelo Paes Leme, Rhaisa Batista, Juan Alba, Juliana Knust, Caio Vegatti, Hall Mendes, Willam Mello, Maria Helena Chira, Aline Fanju, Lucca Picon, Malu Falangola, entre outros. 

Avanço bíblico

Para a Record, Todas as Garotas em Mim buscará mostrar que os conflitos e paixões de garotas bíblicas podem encontrar muita ressonância com as dos tempos atuais, sobre o princípio de que, independentemente da época, "garotas são garotas". 

A emissora começou a apostar mais pesado em histórias bíblicas com A História de Esther (2010), movimento que chegou ao auge após o sucesso de Os Dez Mandamentos (2015).

O folhetim de Vivian de Oliveira bateu recorde de audiência e fez a Globo passar sufoco, o que provocou um maior investimento em histórias parecidas. Também cresceu a influência de Cristiane Cardoso sobre os projetos --ela começou a atuar como supervisora de texto de tramas.

Procurada, a Record informou que Todas as Garotas em Mim não tem uma previsão oficial de estreia. O site da série apenas diz que ela deve estrear "em breve". O seriado chegou ter gravações canceladas em Petrópolis, devido à tragédia provocada pelas chuvas na região. 


Inscreva-se no canal do Notícias da TV no YouTube e assista a vídeos com revelações do que vai acontecer em A Bíblia e outras novelas.


Leia também

Enquete

Pantanal perde audiência: novela está chata?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.