PRESENÇA VIP

Novidade em 3%, Ney Matogrosso aparece em menos de 4 minutos em 8 episódios

REPRODUÇÃO/NETFLIX

Ney Matogrosso está na terceira temporada de 3%; cantor interpreta o pai da vilã Marcela (Laila Garin) - REPRODUÇÃO/NETFLIX

Ney Matogrosso está na terceira temporada de 3%; cantor interpreta o pai da vilã Marcela (Laila Garin)

GABRIEL PERLINE - Publicado em 12/06/2019, às 05h28

Ney Matogrosso foi anunciado como uma das novidades de 3%, série nacional da Netflix que estreou sua terceira temporada na última sexta (7). Embora receba créditos pelos oito episódios da nova fase do drama futurista, o cantor aparece em apenas dois deles --e muito rapidamente. Somadas as duas curtas cenas, seu tempo em tela não chega a quatro minutos.

E não se trata de uma participação pontual, como foi a de Liniker na temporada anterior. O personagem de Matogrosso exerce uma forte influência na trama e dita os rumos de um dos principais acontecimentos da nova temporada. No entanto, sua participação de luxo se resume a 3 minutos e 37 segundos em toda a temporada.

Mas Ney não foi o único a receber créditos por trabalhos não realizados em 3%. A atriz Mel Fronckowiak, que está atualmente no Show dos Famosos, é listada no elenco de todos os episódios das duas primeiras temporadas (são 18, no total), mas só atua efetivamente em dois. Em sua terceira aparição, ela surge apenas em cenas de flashback, já exibidas anteriormente na trama.

O segundo ano também chamou a atenção pelo destaque que foi dado a três novos nomes no elenco: Maria Flor, Fernanda Vasconcellos e Silvio Guindane. Mas os atores também apareceram pouco: surgiram em uma rápida cena no primeiro episódio e, depois, como foco de outro capítulo na reta final.

Procurada pela reportagem, a Netflix não comentou o motivo de incluir esses atores mesmo nos créditos de episódios em que não atuaram em 3%. 

O que acontece na série?

[Alerta: este texto contém spoilers a partir deste ponto]

Na nova fase de 3%, os moradores do Continente ganham a oportunidade de viver na Concha, um ambiente alternativo ao Maralto, criado por Michele (Bianca Comparato) e Fernando (Michel Gomes), onde todos são bem-vindos. Com toda a tecnologia disponível, além de alimentos e água em abundância, o local é povoado majoritariamente por aqueles que não se deram bem no Processo.

Construída no meio do deserto, a Concha é sabotada pelo Maralto após uma tempestade de areia, que destrói o principal ponto de sobrevivência desse novo mundo: o coletor de água.

Com isso, a comandante Marcela (Laila Garin), do Maralto, tenta assumir o controle da Concha, pois percebe que a população do Continente já não se esforça mais para conseguir uma concorrida vaga no universo "perfeito".

Mas sua grande motivação, revelada no quinto episódio, é a pressão de seu pai, o conselheiro Leonardo (Ney Matogrosso), que não aceita a ausência de seu neto, Marco (Rafael Lozano), e de seu bisneto, Maurício (Felipe Rodilha), no Maralto.

Leonardo é um homem amargurado, que está à beira da morte, e cobra a comandante para levar ao Maralto os únicos membros da família Alvares que não vivem lá. "Já era para ter conhecido meu neto. Essa doença está me comendo por dentro por isso", reclama.

É a pressão do conselheiro que motiva a vilã a iniciar uma invasão à Concha, e dessa maneira resgatar seu filho e neto.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Com quem Maria da Paz deve ficar em A Dona do Pedaço?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook