Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

TERROR NO STREAMING

Netflix anuncia série com reality de Sabrina Sato zumbi para junho; saiba os detalhes

DIVULGAÇÃO/NETFLIX

Com pose de modelo, Sabrina Sato aparece em foto de divulgação da série Reality Z, da Netflix

Sabrina Sato em foto de divulgação de Reality Z, série de zumbis que estreia na Netflix em 10 de junho

REDAÇÃO

Publicado em 20/5/2020 - 12h53

A Netflix confirmou para 10 de junho a estreia da série Reality Z, que terá Sabrina Sato como a apresentadora de um programa ao estilo do Big Brother. Com terror, suspense e apocalipse zumbi, a trama sobrenatural é um remake brasileiro da minissérie Dead Set (2008), do britânico Charlie Brooker, criador do fenômeno Black Mirror.

O reality show é tirado do prumo pelo apocalipse zumbi. Confinados, os participantes são os únicos que não sabem que o mundo foi tomado pelos mortos-vivos. Na versão do Brasil, o programa tem o nome de Olimpo, a Casa dos Deuses --a Netflix não pode usar nenhuma referência à marca Big Brother por não ter os direitos da atração. A primeira temporada contará com dez episódios.

Sabrina, lançada ao estrelato no BBB3, vai voltar ao mundo do confinamento. Mas, dessa vez, como a apresentadora do programa, que é transformada em zumbi e começa a se deliciar com órgãos humanos.

O elenco ainda conta com nomes como Guilherme Weber, Emilio de Mello, Luellem de Castro, Ravel Andrade e Jesus Luz. A produção ficou a cargo da Conspiração Filmes, com o cineasta Cláudio Torres à frente dos roteiros e da direção.

Confira abaixo o vídeo de divulgação:

Lançada em 2008 pelo canal britânico E4, Dead Set era um drama catástrofe com muito sangue e tripas. Em 2017, ela entrou no catálogo da Netflix em alguns países (o Brasil não está entre eles) e ganhou resenhas elogiosas.

A sacada de mostrar um apocalipse zumbi pela ótica dos sobreviventes de paredões do Big Brother é vista como genial por críticos. Os principais créditos são de Charlie Brooker, que três anos depois viria a ser uma das mentes criativas por trás de Black Mirror, sucesso da Netflix.

'Pegada' Black Mirror

Dead Set é altamente recomendável para quem é fã de Black Mirror, de acordo com os críticos. Muitos dos elementos que Brooker usou na antologia de suspense e ficção científica já estavam presentes em sua criação anterior, como a crítica à tecnologia e à sociedade do consumo e o terror com pegada cômica.

A personagem principal da minissérie é Kelly (Jaime Winstone), uma assistente de produção do Big Brother que sonha em ter um cargo maior na equipe do reality, mas é vista apenas como a profissional que busca café para os chefes.

Tudo muda em uma noite de eliminação, quando começa o apocalipse zumbi e a casa onde os brothers são confinados se torna o lugar mais seguro do planeta. Depois de ver boa parte de seus colegas ser morta, Kelly entra no reality e precisa convencer os participantes, totalmente alheios ao que acontece lá fora, de que ela não é uma infiltrada pela produção --e que os zumbis não são uma prova do líder.

A versão original britânica explorou ao máximo o tema Big Brother. Como o E4, canal da minissérie, é do mesmo grupo do Channel 4, que exibia o reality na época, a equipe pôde aproveitar parte dos cenários. Participantes de edições anteriores do reality também fizeram pontas na atração.

Até a apresentadora do BB, Davina McCall, foi escalada para comandar a versão fictícia --o papel dela passará para Sabrina no remake brasileiro da Netflix. Davina é transformada em zumbi logo no primeiro episódio, mas não some da trama: ela continua atormentando o produtor Patrick (Andy Nyman) e a eliminada Pippa (Kathleen McDermott) no decorrer dos capítulos.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Quem deve ser a nova Juma Marruá?