Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

UNDER THE DOME

Mestre do suspense, autor Stephen King detona série baseada em seu livro

Divulgação/CBS

Mike Vogel e Kylie Bunbury em cena da série Under the Dome, criticada pelo autor Stephen King - Divulgação/CBS

Mike Vogel e Kylie Bunbury em cena da série Under the Dome, criticada pelo autor Stephen King

REDAÇÃO

Publicado em 13/6/2019 - 12h59

Considerado o mestre do suspense na literatura, o autor Stephen King destruiu a série Under the Dome (2013-2015), baseada em livro que ele lançou em 2009 e que foi adaptada pela rede norte-americana CBS. "Que tal se a Netflix trouxesse de volta Under the Dome, só que começando do zero e, dessa vez, seguindo o livro de fato?", alfinetou.

A crítica foi feita no Twitter de King, apenas minutos depois de o escritor de 71 anos elogiar Designated Survivor, série que se tornou uma produção original Netflix depois de duas temporadas na rede ABC --o terceiro ano, o primeiro exclusivo do streaming, foi lançado no último dia 7.

"A temporada de Designated Survivor na Netlflix é difícil, complexo e envolvente. Livres das restrições da TV aberta, o elenco e a equipe estão claramente empolgados. É um entretenimento excelente", valorizou o autor de obras como Carrie, a Estranha, O Iluminado e Cemitério Maldito.

Curiosamente, Stephen King não parecia ter problemas com a adaptação da CBS para Under the Dome durante sua exibição. Ele inclusive chegou a participar do episódio de estreia da segunda temporada da série, o qual também roteirizou.

Under The Dome foi uma aposta de verão da rede americana CBS em 2013 e acabou rendendo audiências recordes para o canal durante o período, uma safra de reprises e programação mais leve. Os episódios da primeira temporada registraram uma média de 12,1 milhões de telespectadores.

No Brasil, a primeira temporada também foi exibida com sucesso pelo TNT e pela Globo --na época, teve mais audiência do que a série fenômeno Revenge e o talk show Programa do Jô, por exemplo.

O elenco contava com Mike Vogel (Bates Motel), Rachelle Lefevre (Off the Map), Dean Norris (Breaking Bad), Eddie Cahill (Friends), Kylie Bunbury (Pitch) e Colin Ford (Supernatural), entre outros.

A série não foi a primeira adaptação de uma obra de Stephen King para a TV. Ele também estava por trás das minisséries It: Uma Obra-Prima do Medo (1990) e 11.22.63 (2016) e de séries como The Dead Zone (2002-2007), Kingdom Hospital (2004) e Haven (2010-2015).

Três projetos em desenvolvimento também carregam o pedigree do autor: Love - A História de Lisey (da Apple), Outsider (da HBO) e A Dança da Morte (CBS).

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

O que você quer ver no retorno de Amor de Mãe?