Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SUSPENSE

Matthew McConaughey vai reprisar papel de Tempo de Matar em série da HBO

Divulgação/Warner Bros.

Matthew McConaughey em cena do filme Tempo de Matar

Matthew McConaughey em Tempo de Matar (1996); ator reprisará papel do filme em série da HBO

REDAÇÃO

redacao@noticiasdatv.com

Publicado em 18/3/2021 - 16h28

Matthew McConaughey retornará ao papel que o alavancou ao status de estrela de Hollywood. O ator reprisará o seu personagem no longa Tempo de Matar (1996) em A Time for Mercy (Tempo de Misericórdia, em tradução livre), minissérie da HBO que servirá como sequência do filme.

Em Tempo de Matar (A Time to Kill no original), McConaughey interpretou Jake Brigance, um advogado que defende um homem negro que matou dois homens brancos que estupraram sua filha. O elenco tinha nomes como Samuel L. Jackson, Sandra Bullock, Kevin Spacey e Kiefer Sunderland.

A minissérie será uma adaptação do livro homônico escrito por John Grisham, autor responsável por Tempo de Matar e A Herança, obras centradas em Jake Brigance que precedem a trama da produção.

Segundo a revista Variety, em A Time for Mercy, McConaughey retornará como o advogado para defender um jovem que assassinou o namorado de sua mãe, um policial, após acusá-lo de abusar dele, sua mãe e sua irmã mais nova.

De acordo com fontes ouvidas pela publicação, a HBO ainda não encontrou um roteirista para comandar a adaptação, mas terá Lorenzo Di Bonaventura (franquia Transformers) como produtor executivo.

O astro já é um velho conhecido dos produtores da HBO. Ao lado de Woody Harrelson, ele protagonizou a aclamada primeira temporada de True Detective, pela qual recebeu indicações de melhor ator no Globo de Ouro e Emmy.

Relembre abaixo o trailer (sem legendas) de Tempo de Matar:


Leia também

Enquete

Com quem Irma merece ficar em Pantanal?

Mais lidas


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.