PREMIAÇÃO

Marjorie Estiano é indicada a melhor atriz no Emmy Internacional por Sob Pressão

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

A atriz Marjorie Estiano como a personagem Carolina da série Sob Pressão, da Globo

Marjorie Estiano como Carolina, em Sob Pressão: personagem rendeu indicação a prêmio internacional

KELLY MIYASHIRO - Publicado em 19/09/2019, às 12h06 - Atualizado às 14h20

Marjorie Estiano foi indicada a melhor atriz pelo Emmy Internacional por seu papel como a médica Carolina na série Sob Pressão. A lista de indicações foi divulgada nesta quinta-feira (19). Além de Marjorie, Se Eu Fechar Os Olhos também representa a Globo na premiação, na categoria de melhor minissérie/filme. Os vencedores serão anunciados em uma cerimônia de gala, em Nova York, em 25 de novembro.

"Sob Pressão" é realmente um projeto muito especial, muito sensível e muito necessário. Me sinto muito honrada em fazer parte dele e da equipe mais inacreditável do mundo", disse Marjorie, em comunicado oficial da Globo.

A atriz também ressaltou a importância de falar sobre a saúde pública e parabenizou os profissionais da vida real. "Acho que a nossa indicação fortalece ainda mais esse processo de apropriação das questões do nosso país", finalizou.

Graças à Carolina, Marjorie concorre ao prêmio por sua atuação na segunda temporada da série. Apesar de considerada uma das melhores produções atuais da Globo, a série dirigida por Andrucha Waddington não foi indicada à categoria de série dramática.

Coincidentemente, nessa categoria uma das concorrentes é a terceira temporada de Um Contra Todos, da Fox, que tem em seu elenco Julio Andrade, o protagonista de Sob Pressão.

Outras indicações

Se Eu Fechar Os Olhos Agora (2018) abordou temas como racismo, intolerância, abuso de poder e feminicídio. Ricardo Linhares, autor da minissérie, disse que a temática da obra era universal, contada pelo ponto de vista brasileiro.

"Procurei um jeito de contar a história que não segue o estilo de tramas policiais americanas e européias. A indicação mostra o reconhecimento [deste trabalho]", comemorou. 

Outro brasileiro indicado foi Raphael Logam, pelo papel na série Impuros, da Fox. Ele disputa o prêmio de melhor ator. Logam faz Evandro do Dendê, um jovem favelado que decide matar os policiais que assassinaram seu irmão, um traficante de drogas.

O Brasil ainda é representado na premiação em outras quatro categorias: Ópera Aberta - Os Pescadores de Pérolas, da HBO, concorre na categoria programa de arte; o Especial de Natal Porta dos Fundos disputa o troféu de melhor comédia; A Primeira Pedra, do Canal Futura, está em documentário; e Hack the City, exibida no National Geographic, em série curta.

Pelo segundo ano consecutivo, nenhuma novela da Globo está concorrendo ao prêmio internacional. Ano passado, A Força do Querer (2017) não foi aclamada nem com uma indicação, e o mesmo se repetiu com O Outro Lado do Paraíso (2017), sua substituta no horário nobre (que teve a maior parte de seus capítulos exibida no ano passado), e Segundo Sol (2018).

A última vez que a Globo emplacou uma telenovela na disputa do prêmio foi em 2017, quando Totalmente Demais e Velho Chico concorreram --acabaram superadas pela turca Amor Eterno. No ano anterior, Verdades Secretas levou a melhor.

Leia também

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site. Também não serão aceitos comentários com links e propaganda de produtos, serviços e dietas.

Enquete

Qual novela a Globo deve passar após Fina Estampa?

Últimas notícias

Compartilhar no Facebook
Curta no Facebook