Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
twitter
Instagram
YouTube

NOVA REALIDADE

Líder nos EUA, rede CBS cria conselho para mudar imagem da polícia nas séries

DIVULGAÇÃO/CBS

Em um campo aberto, um ajoelhado Wilmer Vanderrama aponta uma revólver com Ziva David, de pé, logo atrás em cena de NCIS

Ziva David e Wilmer Valderrama na 17ª temporada de NCIS, série policial que é líder de audiência nos EUA

JOÃO DA PAZ

Publicado em 12/8/2020 - 18h11

Líder de audiência nos Estados Unidos, a rede CBS assinou contrato com uma consultoria especializada em segurança para criar um conselho com o objetivo de mudar a maneira como a polícia é retratada nas séries sob seu guarda-chuva. A medida é uma resposta à cobrança da sociedade americana por uma correção nesse quesito.

A 21CP Solutions é uma instituição formada por representantes de diversas áreas, de agentes da lei a acadêmicos, que trabalham diretamente com as forças de segurança de cidades e Estados para melhorar o trabalho e a abordagem com a população. Essa expertise agora também estará disponível para todo o plantel da CBS, que produz 11 dramas de policiais e advogados e tem simplesmente as três séreis de maior audiência nos EUA (NCIS, FBI e Blue Bloods).

Para se ter uma ideia, esse conselho criado terá no comando Ronald Davis, diretor do Departamento de Justiça da nação norte-americana durante o governo de Barack Obama. Ele contará com o auxílio de um professor e ex-assistente da Procuradoria-Geral dos EUA; um acadêmico especialista em leis criminais; um ex-chefe de polícia; líderes comunitários e um advogado.

"Séries policiais e de advogados são o alicerce de nossos estúdios e fazem parte da programação [da CBS] há décadas", disse David Stapf, presidente dos estúdios de televisão da rede, em nota. "Nós agora temos a oportunidade de reforçar essa fundação bem-sucedida com os conselhos de especialistas da 21CP Solutions à nossa disposição. É uma fonte valiosa para ser usada no processo criativo."

Quem está na linha de frente gostou da ideia. "Essa nova parceria vai nos ajudar a contar histórias verdadeiras e precisas sobre a polícia", disse R. Scott Gemmill, o showrunner de NCIS: Los Angeles. "E espero que possamos contribuir com nossa parte no debate sobre a reforma na polícia."

Desde maio, com o assassinato do segurança negro George Floyd, vítima de um policial branco na cidade de Minneapolis, a população americana questiona métodos de agentes da lei durante abordagens, como estrangulamento e força excessiva. Há um clamor para que técnicas como essas e similares sejam abolidas.

As séries policiais entraram nessa discussão justamente porque mostram em excesso esses tipos de ações, ainda mais colocando o policial branco como herói, justificando o seu ato violento contra um suspeito, que majoritariamente é vivido por uma pessoa não-branca, em prol da solução de um caso ou algo parecido.

Leia também


Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você já tem seu favorito em A Fazenda 12?