Menu
Pesquisar

Buscar

Facebook
Twitter
Instagram
Youtube
TikTok

SUCESSO DE PÚBLICO

Esnobada pela Fox, Lucifer só ganhou chance na Netflix graças aos fãs

JOHN P. FLEENOR/NETFLIX

Tom Ellis em cena de série Lucifer: caracterizado como personagem, ator está de terno e gesticula com as mãos

Lucifer (Tom Ellis) na sexta temporada de série: título quase foi esquecido no seu terceiro ano

Lucifer (2016-2021) foi esnobada pela televisão americana quando era exibida pela Fox. Em 2018, a série foi cancelada com a justificativa da baixa audiência mas, graças aos fãs, ganhou espaço na Netflix. O público fez uma campanha para que o streaming renovasse a atração.

Na época do resgate, a executiva da Netflix Cindy Holland explicou que o apelo do título na plataforma tinha sido essencial para que a empresa se interessasse em virar a nova casa da ficção.

"Lucifer é uma série fantástica, que realmente faz sucesso com o público em partes do mundo em que a Netflix a licenciou. Então nós sentimos que era importante tentar ajudar a série a continuar com os nossos fãs", disse ela.

A estratégia deu certo. Em 2020, a série computou 1,59 bilhão de minutos assistidos na primeira semana de lançamento da quarta temporada e se tornou o título mais visto das plataformas de streaming entre o período de 17 a 23 de agosto. O dado foi divulgado pela Nielsen --o Ibope norte-americano. 

Em 2021, o recorde foi quebrado com o lançamento da segunda parte da quinta temporada. Entre 31 de maio e 6 junho, Lucifer foi vista durante 1,8 bilhão de minutos e ficou novamente no topo da lista de mais assistidos. 

Reformulação de sucesso

Nos três primeiros anos, as temporadas da série eram maiores na Fox. Para manter o fôlego, a produção exibia os chamados fillers (preenchimentos, em tradução literal) entre os capítulos da história principal. Os episódios retratam uma história solta e não atrapalham a trajetória da trama central. 

Mas Lucifer chegou diferente na Netflix. O título ganhou uma versão mais compacta e teve dez episódios na quarta. A solução de "enxugar" a obra funcionou bem. A trama principal da série ficou mais completa e sem enrolação dos personagens para seu encerramento.

A última temporada de Lucifer chegou ao streaming na sexta (10) também com dez episódios. A ideia foi explicada pelo produtor da série, Joe Henderson, em entrevista ao site Collider:

"Nós achamos uma história final, mas para dez episódios, você tem um senso dessas coisas. Nós queríamos ter certeza de que a sexta temporada seria amarrada, forte e focada, e dez parecia o número exato de capítulos para contarmos as coisas, mas também para chegar ao destino", pontuou ele. 

Assista ao trailer da última temporada de Lucifer:


Leia também

Web Stories

+
Ex de Anitta e rei da pegação: Gui Araujo é o primeiro fazendeiro de A Fazenda 13Elenco, estreia e bastidores: Saiba tudo sobre o reboot de Um Maluco no PedaçoAgressão e barraco em festa clandestina: Veja histórico dos peões de A Fazenda 13Vereda Tropical no Globoplay: Veja por onde andam cinco atores sumidos da novelaGlobo Esporte, Zero 1 e BBB: Confira trajetória de Tiago Leifert na Globo

Comentários

Política de comentários

Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Não são aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas ou criminosas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos, que usam palavras de baixo calão, incitam a violência, exprimam discurso de ódio ou contenham links são sumariamente deletados.

Mais lidas

Enquete

Você gostou do elenco de A Fazenda 13?